Home - Convergência Digital

Brasil leva seis alunos de TICs para a semifinal mundial do Huawei ICT Competicion

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo - 01/04/2019


Pela primeira vez participando da competição Huawei ICT, que está na sua quarta edição e reúne mais de 100 mil estudantes do mundo, o Brasil terá seis alunos de TICs na semifinal da disputa, que acontece no México. Se passarem dessa etapa, em maio, os brasileiros vão para a China, disputar a grande final. A edição 2017/2018 reuniu mais de 80 mil estudantes de 30 países.

Para o responsável pela participação brasileira na ICT Competition, Merivaldo Santos, o maior desafio nacional foi mostrar que a Huawei não era apenas uma empresa fornecedora de infraestrutura para operadoras de telecomunicações. Exatamente por isso, houve a escolha de duas tracks para a seleção dos alunos: cloud e redes.

"Cloud e redes são as estruturas que formam TICs. São as tracks que dão infraestrutura e serviços para os consumidores", observa Merivaldo Silva, em entrevista ao Convergência Digital. Aos jovens, o especialista diz que o momento é o de se preocupar com certificações capazes de diferencia-los no mercado. A Huawei, por exemplo, amadureceu o seu processo e criou os programas HAINA (Huawei Authorized Information & Network Academy) e HANA (Huawei Authorized Network Academy).

No processo brasileiro, 1000 estudantes se inscreveram para a competição. Desses foram selecionados 50 para um teste inicial, 20 foram para a fase de seleção final para chegar ao time de seis alunos que vão para o México. Segundo Merivaldo Santos, há um equilíbrio entre redes e cloud nos alunos selecionados. "O jovem tem de escolher o que gosta de trabalhar, principalmente, aquele que está em TICs. Depois ele parte para a especialização", observa Santos. Assistam a entrevista com Merivaldo Silva.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/05/2019
Assespro é contra a regulamentação da profissão de TICs

16/05/2019
Huawei: 'lista negra' dos EUA infringe direitos e levanta sérias questões legais

14/05/2019
Huawei acena com acordos anti-espionagem para evitar banimentos

10/05/2019
Startup de Curitiba cria plataforma gratuita com mais de 77 cursos diferentes

08/05/2019
Huawei Enterprise reformula estratégia corporativa no Brasil

06/05/2019
Quem são os novos CIOs, CDOs e CTOs na TI brasileira?

02/05/2019
São Paulo, Santa Catarina e Rio Grande do Sul lideram a busca por profissionais de TI

26/04/2019
Testes para mitigar interferências do 5G na faixa de 3,5GHz entram na reta final

26/04/2019
Huawei traz gêmeos digitais para acelerar redes 5G

26/04/2019
4G e 5G são convergentes e vão coexistir na oferta de serviços

Veja mais artigos
Veja mais artigos

O futuro do trabalho colocado à prova

Por Luiz Camargo*

Novas profissões exigem também novas habilidades para acompanhar a revolução digital. Os novos empregos certamente irão demandar habilidades analíticas, matemáticas e digitais, com um toque de neurociência.

Destaques
Destaques

TI precisa de 420 mil novos profissionais até 2024

Formação de mão de obra, que já sofre para atender a demanda, vai ficar longe dos 70 mil novos empregos por ano. IoT, Big Data e segurança são áreas de maior demanda.

Salários em TICs são três vezes maiores que a média nacional

Em software e serviços, onde estão 75% das vagas das empresas de tecnologia da informação, remuneração média em 2018 foi de R$ 5 mil, contra R$ 1,8 mil do salário médio nacional.

TICs podem formar 1 milhão a cada quatro anos com recursos já existentes

Segundo o presidente da Contic, Edgar Serrano, atualização do marco legal de telecom e a criação do Sistema S das TICs são medidas de transformação digital sem impacto fiscal.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site