Disputa pelo ativo faz Oi fixar preço mínimo da unidade de fibra em R$ 20 bilhões

Ana Paula Lobo* ... 14/08/2020 ... Convergência Digital

Em fato relevante encaminhado à CVM na noite desta quinta-feira, 13/08, a Oi informa que, por conta da alta demanda, o preço da unidade Fibra.co, que vai vender os ativos de fibra da tele, teve um preço mínimo fixado em R$ 20 bilhões. A operadora quis, por meio do fato relevante, detalhar as novas regras de aquisição.

Em entrevista ao CDemPauta, o presidente da Anatel, Leonardo de Morais, deixou claro que há questões regulatórias não esclarecidas com a venda dessa unidade e que o negócio, quando confirmado, terá de ser visto com um olhar atento pela agência reguladora.

À CVM, a Oi - que fez um novo aditamento do plano de Recuperação Judicial, que será votado em Assembleia de Credores marcada para o dia 08 de setembro - informa que:

Em função de ampla demanda pelo ativo na fase preliminar do processo de prospecção conduzido por assessor financeiro, o valor de firma  (EV)  mínimo  da  SPE  InfraCo (em31/12/2021) a ser considerado nas  propostas será de  R$20  bilhões, dentro  do  intervalo  anterior  de referência de 25,5% a 51% do valor econômico, com vistas a garantir uma disputa concorrencial ativa entre os diversos interessados pelo controle  da SPE InfraCo  (51%  das  ações ordinárias) até  o  leilão.

Os interessados também devem assumir compromisso de pagamento da Parcela  Secundária  mínima  de  R$6,5bilhões  e  de uma Parcela Primária de até R$5 bilhões, para garantir o pagamento do montante de R$2,426bilhões de dívida da SPE InfraCo com as Recuperandas a execução do plano de investimentos planejado, em contrapartida ao recebimento de novas ações ordinárias de emissão da SPE InfraCo, ao preço por ação pago na alienação parcial da UPI InfraCo, ajustado na forma prevista no Aditamento ao PRJ.

Observa ainda que:

O Grupo  Oi  poderá,  até  a  data  da  publicação  do  Edital UPI  InfraCo, aceitar a proposta vinculante com o maior valor de firma(EV)atribuído à SPE InfraCo para aquisição parcial da UPI InfraCo, comprometendo-se a assegurar a tal proponente o direito de, a seu exclusivo critério, cobrir  a  oferta  de  maior  valor  por  ação  de  emissão  da  SPE  InfraCo acima  do  montante  por  ele  proposto(“Right  to  Top”),  desde  que apresente  oferta por valor  superior  em,  no  mínimo,  1%  do  preço  por ação  de  emissão  da  SPE  InfraCo  estipulado  na  melhor  proposta apresentada para alienação parcial da UPI InfraCo;


Internet Móvel 3G 4G
Ainda sem chancela de Trump à Oracle, EUA banem TikTok e WeChat no domingo

O Departamento de Comércio dos Estados Unidos disse que emitirá uma ordem nesta sexta-feira, 18/9, que impedirá as pessoas no país de baixarem o aplicativo de mensagens chinês WeChat e o TikTok a partir de 20 de setembro. Ordem pode ser revogada se Donald Trump autorizar parceria com Oracle. 

Copel Telecom marca privatização para novembro e quer R$ 1,4 bilhão

Edital de venda do braço de telecomunicações da estatal paranaense de energia é previsto para 21/9. Empresa tem 34 mil km de fibras em 399 municípios. 

Oi diz à CVM que movimento de ações se deve a aprovação de plano e venda da móvel

Comissão de Valores Mobiliários perguntou o motivo das oscilações recentes nos papéis da operadora, com quedas superiores a 7% seguidas de aumentos de 9%. 

Claro tenta resgatar TV paga com planos alternativos a não clientes

Com metade do mercado nacional de TV por assinatura, o presidente da empresa, José Félix, diz que fará lançamentos nos próximos dias. “A TV está sofrendo alterações e vamos lançar de imediato um novo serviço.”

5G com maior carga tributária do mundo é telhado sem alicerce

“A sociedade quer conectividade total, 5G, dispositivos diferentes a qualquer hora, qualquer lugar. Mas estamos assombrados pelo risco de aumentar ainda mais a carga tributária com a reforma atual”, afirma a presidente da Feninfra, Vivien Suruagy, no Painel Telebrasil 2020.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G