INTERNET

Imposto Digital: países fecham cerco às gigantes de Tecnologia

Convergência Digital ... 23/01/2020 ... Convergência Digital

O cerco está fechando e a cobrança de imposto das gigantes de Tecnologia como Google, Amazon, Facebook e Netflix parece ser cada vez mais realidade. Durante o Fórum Econômico Mundial, que acontece em Davos, na Suiça, o  ministro das Finanças francês, Bruno Le Maire, revelou ter firmado um acordo com os Estados Unidos sobre as bases para negociações futuras de um imposto digital global, no nível da OCDE.

“Tivemos longas conversas com o secretário do Tesouro dos EUA e o secretário-geral da OCDE, e estou feliz em anunciar que encontramos um acordo entre a França e os Estados Unidos, fornecendo a base para o trabalho na tributação digital na OCDE”, disse Le Maire no Fórum Econômico Mundial, em Davos, Suíça.

Quem também quer cobrar imposto digital é o Reino Unido, afirmou a ministra dos Negócios britânica, Andrea Andreassom. “Os Estados Unidos e o Reino Unido estão comprometidos em entrar em um acordo comercial e temos um relacionamento muito forte que remonta a séculos. Portanto, algumas das divergências que possamos ter sobre questões específicas não prejudicam de maneira alguma o excelente, forte e profundo relacionamento entre os EUA e o Reino Unido”, disse Leadsom à Talk Radio.

“Sempre há negociações e conversas difíceis, mas acho que, no que diz respeito ao imposto sobre tecnologia, é absolutamente vital que essas grandes multinacionais que estão gerando quantias incríveis de receita e lucro sejam tributadas, e o que queremos fazer é trabalhar internacionalmente com o resto do mundo para cobrir isso com um regime adequado que garanta que elas estejam pagando sua parte justa.”

Segundo o plano britânico, as empresas de tecnologia que gerarem pelo menos 500 milhões de libras (657 milhões de dólaraes) por ano em receita global pagarão uma taxa de 2% do dinheiro que ganham dos usuários do Reino Unido a partir de abril de 2020. No Brasil, o ministro da Economia, Paulo Guedes, colocou a cobrança do imposto digital à mesa, mas houve uma reação negativa. O tema, no entanto, segue em debate no governo Bolsonaro.

*Com Agência Reuters


Revista Abranet 31 . maio-julho 2020
Veja a Revista Abranet nº 31 A pandemia da Covid-19 fez a rotina mudar num piscar de olhos. E coube à internet mostrar a sua força. O aumento significativo do tráfego de dados por conta do teletrabalho e do isolamento social foi uma realidade assustadora. Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições

Justiça ordena Google a reativar sites da prefeitura de Poços de Caldas

Justiça exigiu ainda os e-mails aos quais os sites do Município excluídos no início de julho estavam vinculados, a data e hora da exclusão, bem como endereço IP de quem foi responsável pelo ato.

Justiça libera You Tube de informar e-mail e IP de usuários que publicam filmes piratas

Decisão foi do Tribunal Superior da Europa, com a argumentação de que é preciso existir um equilíbrio entre proteger dados pessoais e direitos autoriais.

NIC.br abre novas opções de domínios .br

Endereços web "app.br", "seg.br", "geo.br" e "des.br" estão entre as 12 opções disponíveis para registro a partir de 20/7.

Com mais de 50 projetos contra Fake News tramitando na Casa, PL 2630/20 chega à Câmara Federal

Presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, do DEM/RJ, se disse disposto a acelerar a tramitação do PL 2630, aprovado no Senado por 44 a 32 votos.

Audiências públicas sobre privatização de estatais poderão ser pela internet

Governo promete "ampla divulgação" para a discussão dos projetos do Programa de Parcerias de Investimento.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G