Home - Convergência Digital

Home office disparou o custo com contas de luz, de água e de Internet

Convergência Digital - 30/11/2020

Uma pesquisa nacional encomendada pela VR Benefícios, mostra como a pandemia impactou a vida profissional do brasileiro. O levantamento apresenta a realidade do home office para o trabalhador e revela suas principais preocupações no retorno ao trabalho no pós-isolamento. Foram ouvidas 2.481 pessoas em todo o Brasil.

Segundo a pesquisa, 8% dos entrevistados já faziam home office e continuaram ou intensificaram o trabalho remoto durante a pandemia. Porém, 31% só experimentaram essa mudança na rotina de trabalho durante o isolamento. E um dado que chama a atenção: 61% afirmaram nunca tereem feito home office.

Quando perguntados sobre a satisfação geral com o emprego hoje, em relação ao que sentiam antes da pandemia, os trabalhadores que fazem home office estão mais satisfeitos com a rotina, mas menos satisfeitos com o volume de trabalho. Por exemplo, em relação à rotina, 33% estão mais satisfeitos; 18% estão menos satisfeitos e 49% estão igualmente satisfeitos. Sobre o volume de trabalho, os dados mudam: 19% estão mais satisfeitos; 22% estão menos satisfeitos e 59% estão igualmente satisfeitos.

Preocupadas com a saúde física e mental dos funcionários e também pensando em manter a rotina do escritório, muitas empresas ofereceram benefícios extras. Quando perguntados sobre disponibilização de benefícios para serem utilizados no home office, 30% responderam apoio psicológico; 25% cadeira apropriada para o trabalho; 13% ginástica laboral; 10% reembolso de internet; e 9% ajuda de custo para pagamentos de conta de luz. Entre os entrevistados que fazem home office, 46% afirmaram receber ao menos um benefício e 54% nenhum.

Outro ponto alto do levantamento foi a declaração dos profissionais em home office sobre o aumento nas contas. Para 79% deles, houve aumento na conta de luz; para 57% na de água; e para 34% na de internet. Por isso, consideram muito importante que a empresa ofereça reembolso para estes gastos: 50% afirmou que considera muito importante obter o reembolso para a conta de luz; 26% para conta de água; e 51% para conta de internet.

No entanto, apenas 3% dos trabalhadores em home office solicitaram algum reembolso referente às contas de luz e internet para suas empresas. Os demais 97% absorveram o aumento das despesas em seu orçamento. Quando a pesquisa indagou sobre a possibilidade de receber R$ 100 a mais como auxílio durante este período de pandemia, 60% dos entrevistados disseram que queriam que este valor estivesse relacionado à comida: 45% responderam que preferiam que fosse em vale-alimentação; 15% em vale-refeição; e 40% para contas de internet e luz.

A "Pesquisa VR Benefícios-Locomotiva" é quantitativa e foi feita com trabalhadores(as) da base da VR Benefícios. Foram realizadas 2.481 entrevistas online, em todas as regiões do Brasil, no período de 11 de agosto a 1º de setembro de 2020.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

21/01/2021
Mensagens de WhatsApp fora do expediente não configuram sobreaviso

11/01/2021
Menos de 30% das empresas admitem ter tecnologia para dar suporte ao trabalho remoto

11/01/2021
Trabalhadores têm estabilidade pelos meses que ficaram afastados por Lei da Covid-19

16/12/2020
TST lança cartilha com explicações jurídicas sobre o teletrabalho

14/12/2020
Governo adota sistema eletrônico para gestão de teletrabalho

11/12/2020
MPT decide que Covid-19 é doença de trabalho

10/12/2020
Transações virtuais do auxílio emergencial superam saques no app Caixa Tem

04/12/2020
Vagas de emprego remoto disparam 215% na pandemia

03/12/2020
IBM alerta sobre ataques hacker na cadeia de distribuição de vacinas para Covid-19

03/12/2020
Claro promove Ideathon do Bem para soluções de combate à Covid-19

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A confiança é ganha com mil atos e perdida com apenas um

Por Luis Banhara*

À medida que o conceito de trabalho se descola dos escritórios, mesmo que parcialmente, surgem novos desafios de segurança. A superfície de ataque foi ampliada.

Destaques
Destaques

Na liderança, curiosidade insana e coragem impactam mais que a competência

Vice-presidente para setor público na AWS, Teresa Carlson, e Indra Nooyi, membro do board da Amazon e ex-CEO e chairman da PepsiCo, admitiram que a Covid-19 tem provocado crises existenciais em muitas pessoas e que, há, sim, um forte e um injusto desequilíbrio para as mulheres.

Média salarial de profissional de TI no Brasil ficou em R$ 4.849,00

Pesquisa nacional, realizada pela Assespro-Paraná e pela UFPR, mostra a desigualdade econômica do país. No Nordeste, em Sergipe, a média salarial é de apenas R$ 1.943.00. Em São Paulo, essa média sobe para R$ 6.061,00. Outro ponto preocupante: a diferença salarial entre homens e mulheres segue acima de dois dígitos.

Certificação é critério de seleção para encarregado de dados

Ainda que a LGPD não exija qualificação específica, o mercado busca profissionais com conhecimento na área. Formação pode custar até R$ 6 mil, observou Mariana Blanes, advogada e sócia do Martinelli Advogados, ao participar do CD em Pauta.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site