GESTÃO

Governo adota sistema do Serpro para vender imóveis 100% online

Convergência Digital* ... 27/07/2020 ... Convergência Digital

O governo federal começou a oferta pública do maior leilão de imóveis da União e com um sistema desenvolvido pelo Serpro o processo será totalmente pela internet. A partir desta segunda, 27/7, estão disponíveis 109 imóveis, distribuídos em sete estados – com valor mínimo conjunto de R$ 99 milhões. Outros 907 prédios, lojas, terrenos, salas e apartamentos, estimados em R$ 1,7 bilhão, estão na fila. 

O sistema de concorrência eletrônica está no Portal de Imóveis da União. Os imóveis federais disponíveis para licitação podem ser visualizados e adquiridos por qualquer cidadão que tenha acesso à internet. Para participar da concorrência pública, o interessado deverá fazer o credenciamento prévio no Portal Gov.br. 

Depois, basta apresentar a proposta, que deve ser igual ou superior ao preço de avaliação. A partir de então, o interessado se torna um licitante e passa a receber informações de como proceder durante concorrência virtual. Para ser habilitado, deverá ser feita uma caução correspondente a 5% do valor de avaliação da propriedade.

No site, os bens podem ser filtrados por valor ou pela localização por estado ou município. Há, ainda, a avaliação, identificação do respectivo edital e mapa com localização. Em caso de licitação deserta ou fracassada, será permitida a venda direta. O ambiente que tratará dessa forma de aquisição ainda está em construção e a previsão é de que esteja em funcionamento até o final deste ano.

A venda online começa com 24 editais de concorrência pública que totalizam a oferta de 109 imóveis da União – 44 no Mato Grosso do Sul, 32 em São Paulo, 20 no Distrito Federal, sete no Rio de Janeiro, dois em Pernambuco, dois no Piauí, um em Minas Gerais e um no Amapá.


Governo busca interesse dos órgãos federais em postos para carros elétricos

Acordo entre o governo federal e o governo do Distrito Federal já prevê a instalação de seis ‘eletropostos’, mas demanda pode aumentar esse número.

Governo chega à marca de 1 mil serviços públicos digitalizados

Desempenho mantém em curso a meta de digitalização total de 3,8 mil serviços até 2022. 

Intelit: Compras públicas têm de abrir espaço à inovação e às startups

O CEO da prestadora de serviços de TI, Lincoln dos Santos Pinto, observa que um processo de compra pública leva em torno de seis meses, o que atrasa a inovação. Sobre a venda do Serpro e Dataprev, lembra da LGPD e defende o Estado como tutor dos dados pessoais do cidadão.

Governo federal x sindicatos: Proibido o recolhimento da contribuição sindical dos servidores

Portaria publicada nesta segunda, 5/10, orienta sobre "impossibilidade de cobrança de contribuição sindical por parte do servidor público federal da Administração Pública federal direta, autárquica e fundacional".




  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G