Clicky

Anatel confisca 600 mil baterias, carregadores e receptores de TV paga irregulares

Convergência Digital ... 07/05/2021 ... Convergência Digital

No primeiro trimestre deste ano, a Anatel retirou do mercado brasileiro cerca de 600 mil produtos irregulares de telecomunicações. É mais que os 542 mil produtos retirados pela Anatel no ano de 2020 inteiro – volume até então considerado recorde pela entidade.  

Trata-se do maior conjunto de equipamentos não homologados apreendidos ou retidos pela agência. Segundo o superintendente de Fiscalização da agência, Wilson Wellish, "em apenas uma ação em fevereiro deste ano a Anatel apoiou a Receita Federal na retenção de 290 mil carregadores de celulares não homologados ".  

Os produtos de telecomunicações retidos pela Anatel no primeiro trimestre de 2021 são principalmente carregadores e baterias de celular (346 mil unidades), modems e outros equipamentos de radiação restrita (156 mil), e desbloqueadores de TV por Assinatura (72 mil).

Alguns dos equipamentos retidos pela agência podem ser regularizados e retornar ao mercado – desde que sejam aprovados nos processos de certificação e de homologação e não estejam relacionados a pirataria de equipamentos ou de conteúdo. A obtenção do certificado de homologação da Anatel é necessária para que determinados produtos de telecomunicações sejam comercializados no país. 


Internet Móvel 3G 4G
Magalu faz quarta aquisição para delivery de alimentos

Plus Delivery vai integrar a AiQFome, presente em 580 cidades, sobretudo pequenas e médias e atingiu mais de 2,7 milhões de pedidos no último mês. O valor da aquisição não foi revelado.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

À espera da venda para TIM, Claro e Vivo, Oi Móvel emite R$ 2 bilhões em debêntures

Em fato relevante, a operadora informou que as debêntures serão subscritas e integralizadas por fundo de investimento gerido por subsidiária do Banco BTG Pactual S.A. Operação segue em análise no CADE e na Anatel.

Red Hat: para ser cloud nativa, uma tele precisa mais do que transformação digital, precisa de nova cultura

Mudar a mentalidade é essencial para que uma operadora de telecomunicações transforme seus negócios e suas redes, afirma Livio Tulio Silva, da Red Hat.

Cade aprova venda do controle da empresa de fibra da TIM para IHS

Operadora vai receber R$ 1 bilhão e pretende usar o dinheiro para pagar a fatia com a qual vai ficar a partir da compra da Oi Móvel.

TIM emite R$ 1,6 bilhão em debêntures vinculadas à ESG

Operação é a primeira realizada por uma empresa de telecomunicações no país. Tele diz que todos os recursos arrecadados serão investidos em infraestrutura, em especial, no 5G.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G