Home - Convergência Digital

Com 4G, pós-pago fica a 2,3 milhões do pré-pago

Ana Paula Lobo* - 28/05/2020

A telefonia móvel chegou a 225,6 milhões de acessos ativos em abril, conforme dados divulgados pela Anatel nesta quinta-feira, 28/05. No cenário do setor, a novidade é a diferença de apenas 2,3 milhões entre os pré-pagos e os pós-pagos.

O sistema pré-pago ainda resoponde por 114.123 milhões de acessos e o pós-pago chegou a 111.459 milhões. Percentualmente, no primeiro trimestre , o pré-pago vive com 50,5% dos acessos e 49,5% do pós-pago.

O 4G é o grande impulsionador desse avanço do pós-pago e a tecnologia chega a 69,6% dos acessos, com 157 milhões de assinantes. O 3G caiu para 17,4%. No ranking nacional, a Vivo totalizou 74,7  milhões de linhas (33,0%  do  mercado),seguida da Claro, com 55,1 milhões (24,4%), da TIM, com 52,8 milhões (23,3%), e da Oi, com 36,7 milhões (16,2%).

Na comparação com fevereiro, as linhas pós-pagas cresceram 564,0 mil unidades (+0,5%), enquanto as pré-pagas retraíram em 844,0 mil de acessos (-0,7%). Os dados da Anatel revelam ainda que  o setor de Telecomunicações no Brasil fechou março com 307,3 milhões de acessos, contabilizando-se os serviços de Telefonia Móvel, Telefonia Fixa, Banda Larga Fixa e TV por Assinatura.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/07/2020
Viasat inicia venda de banda larga residencial com satélite da Telebras

01/07/2020
ConectarAgro quer 13 milhões de hectares na área rural com conexão 4G até o fim de 2021

24/06/2020
Teles investiram R$ 6,9 bilhões no primeiro trimestre

08/06/2020
Governo estima R$ 3,5 milhões por ano para banda larga de 432 kbps nos aviões presidenciais

28/05/2020
Com 4G, pós-pago fica a 2,3 milhões do pré-pago

28/05/2020
Banda larga fixa ultrapassa a telefonia fixa no Brasil

28/05/2020
Governo abre edital para banda larga e telefonia nos aviões presidenciais

25/05/2020
PL quer internet gratuita para EAD em troca de pagamento do FUST

19/05/2020
UIT: Preços de banda larga caíram pela metade em uma década

14/05/2020
Brasil passa de “regular” para “bom” na qualidade de vídeos pelo celular

Destaques
Destaques

Tempo é um luxo que o Brasil não tem para fazer o 5G

Pesquisa da Omdia, ex-Ovum, em parceria com a Nokia, mostra que, nos próximos 15 anos, o 5G vai gerar R$ 5,5 trilhões para o País, sendo o governo beneficiado com o adicional de quase R$ 1 bilhão em receita com os serviços 5G.

Covid-19 fez smartphone virar agência bancária com 41% das transações financeiras

As transações bancárias feitas por pessoas físicas pelos canais digitais foram responsáveis por 74% do total de operações analisadas em abril, revela a Febraban.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Uma escolha de Sofia no leilão de 5G

Por Juarez Quadros do Nascimento*

Em um país democrático, como o Brasil, sem análise estratégica, não daria para arriscar em dispor, comercial e tecnologicamente, de “uma cortina de ferro ou uma grande muralha” para restringir fornecedores no mercado de telecomunicações.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site