Clicky

Convergência Digital - Home

Quase metade das empresas vai investir em edge computing na América Latina

Convergência Digital
Convergência Digital - 14/10/2020

Um levantamento da IDC no Brasil aponta que 66% das empresas deverão ativar digitalmente seus modelos operacionais e terão o trabalho remoto incluído de forma permanente em suas políticas de recursos humanos. Neste sentido, a tecnologia torna-se essencial para suportar essas atividades e os serviços em nuvem, imprescindíveis para que as empresas alcancem esses objetivos.

De acordo ainda com a pesquisa, 44% dos entrevistados no Brasil informaram que suas empresas vão aprimorar as iniciativas de conectividade em 2020/2021. Trinta e oito por cento delas indicaram que vão promover melhorias nas atividades relacionadas a costumer experience. Na América Latina, 48% dos respondentes informaram que têm planos de investir em IoT/Edge Computing, fazendo da cloud um serviço essencial para a transformação digital dessas empresas. Os dados foram revelados em evento realizado pela Oi Soluções para clientes, sobre inovação tecnológica.

Mas como o serviço em cloud pode colocar as companhias em um outro nível de digitalização?  O fato é que em relação à arquitetura de TI e à adoção de nuvem, diz a IDC, há três modelos praticados por empresas das mais variadas verticais de negócios: nuvem pública, mais abrangente acomodando aplicações dinâmicas, geralmente tocando o cliente final ou o ecossistema do qual a empresa faz parte; nuvem privada, destinada aos workloads que necessitam estar próximos do núcleo de negócios ou que têm algum parâmetro ou legislação que requer essa atividade; e a TI tradicional, cujo objetivo é suportar sistemas que por motivos técnicos ou estratégicos não serão modernizados. 

Tendência de adoção mais importante na América Latina na era pós-covid, a chamada nuvem híbrida, que é a combinação da utilização de nuvens públicas e privadas ganha destaque. Segundo entrevistados pela IDC, até 2021 os investimentos serão mantidos ou aumentados para todos os tipos de cloud (privado 61%, IaaS 58%, PaaS 59% e SaaS 58%) devido à necessidade de novas tecnologias impulsionada pela Covid-19. O avanço de ambientes híbridos é uma característica da adoção de nuvem do mercado brasileiro e, diante do grau de complexidade e a importância da segurança na nuvem, há uma necessidade do gerenciamento de todos esses serviços.

“Em se tratando de cloud, atualmente os clientes corporativos têm múltiplas soluções à sua frente. E não há uma fórmula certa que sirva para todas as empresas. Cada indústria tem a sua particularidade e a sua solução específica. A nossa função na Oi Soluções é olhar para o cliente do nosso cliente entendendo quais são as aplicações ou sistemas que não podem falhar, definir a infraestrutura e o tipo de cloud que vamos oferecer para ele. Tudo baseado em valor, flexibilidade e criticidade”, completea o diretor de vendas regionais Oi Soluções, Ideval Munhoz.


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Destaques
Destaques

Justiça do DF diz que dados em nuvem não têm proteção contra quebra de sigilo

Para o relator do caso, "dados armazenados em nuvem não evidenciam uma comunicação de dados" e, por isso, não estariam protegidos pela legislação. 

São Paulo concentra mais da metade das startups de Inteligência Artificial

Estudo da KPMG mostra que existem, hoje, 702 startups em atuação no segmento no País. Levantamento ainda que, desde 2012 setor atraiu US$ 839 milhões em 274 rodadas de investimento; em 2020 foram captados US$ 365 milhões.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

IA, nuvem e IoT exigem data centers mais eficientes

Por Ed Solis*

Adoção crescente de tecnologias como inteligência artificial, internet das coisas e PoE estão na lista para melhorar o desempenho das redes e a eficiência do gerenciamento.

A Covid-19 e o governo digital

Por Marcos Boaglio*

A digitalização impõe adotar uma cultura de inovação na qual se fomente a experimentação, derrubar barreiras a partir de novos veículos de aquisição e implementar uma classificação de dados moderna, assim como desenvolver capacidades para empoderar os trabalhadores para finalmente aproveitarem as novas tecnologias.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site