Clicky

GOVERNO

LGPD: Não fique parado. A Lei pegou e exige mudança cultural

Luís Osvaldo Grossmann e Ana Paula Lobo ... 14/10/2020 ... Convergência Digital

A Lei Geral de Proteção de Dados (13.709/18) já chegou e já pegou. Mas isso não significa que as transformações virão todas de uma vez. Como destacaram Mariana Blanes, do Martinelli Advogados, e José Pereira Junior, da Intelit, no CDemPauta, realizado nesta quarta-feira, 14/10, é possível que cada empresa se adeque em seu ritmo, com a perspectiva de que as mudanças são positivas para os negócios e para o país. 

“A LGPD vai mudar a forma de a gente fazer negócio a partir de agora. Vai mudar a cultura das empresas. O recado que é que não importa o porte da empresa, não fique parado. Faça o que está dentro do seu alcance, se movimente. E trabalhe aos poucos. Quando a gente olha o cenário completo, assusta. Porque é muita coisa para mexer. Mas vamos fatiando, vamos aos poucos que chegaremos lá. É uma mudança de cultura e não tem como dizer que não vai pegar a lei. A lei já pegou, então vamos trabalhar. Não é fácil e não é da noite para o dia, mas vamos chegar lá e isso vai ser importante para a maturidade do país em termos de negócios”, destacou a gerente jurídica escritório Martinelli Advogados, Mariana Blanes. 

Para o especialista em proteção de dados da Intelit Processos Inteligentes, José Pereira Junior, a LGPD vai logo se transformar em um diferencial competitivo junto a clientes e parceiros. “A LGPD vai impulsionar o crescimento das empresas, vai transformar algo que a maior parte vê apenas como mais uma legislação a ser atendida em um diferencial de fato para a realização de novos negócios. Vai garantir a credibilidade com o cliente final, com os parceiros, e o crescimento da organização como um todo. E isso em nível de Brasil, de país, para transformar a realidade das empresas considerando a privacidade como o centro que ela merece.”


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Depois do BB, Banrisul é segundo banco a aderir ao login único do governo federal

Adesão viabiliza que os 4 milhões de clientes do banco gaúcho usem o mesmo login e senha que já utilizam na instituição financeira para acessar serviços públicos no portal Gov.br.

PF envolve Ceitec em suspeita de propina um dia depois de TCU receber documentos contra fechamento

Operação investiga superfaturamento em compras por dispensa de licitação. Servidores defendem investigação, mas apontam coincidência com denúncias de irregularidades na desestatização. 

Estratégia 2020-2031 busca direcionar Brasil para economia baseada em dados

Decreto 10.531/20, com “visão de longo prazo” para orientar agentes governamentais prevê fomento a big data, analytics e inteligência artificial. 

Por dados, OCDE recomenda cautela na privatização de Serpro e Dataprev

Ao analisar os projetos brasileiros de transformação digital, entidade aponta que “o Governo Federal deveria dedicar uma atenção maior à avaliação dos impactos à proteção de dados decorrentes da privatização”.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G