Clicky

Convergência Digital - Home

Data Center como serviço chega ao Brasil com Lenovo e CLM

Convergência Digital
Convergência Digital* - 09/07/2020

Lançado mundialmente no ano passado, o Lenovo TruScale chega ao Brasil a partir da parceria firmada entre a Lenovo e a distribuidora latino-americana, CLM. O novo modelo de comercialização, com base em assinatura permite que os clientes usem e paguem por hardware e serviços de data center - no local ou em um local escolhido por ele - sem precisar comprar o equipamento.

A solução Lenovo TruScale pode ser aplicada a qualquer configuração que atenda às necessidades do cliente - seja de computação, com armazenamento sofisticado, muitos servidores, hiperconvergente, Stack Cloud On-Premises ou de alto desempenho - e pode ser dimensionado de acordo com o negócio.

Entre as várias vantagens da solução Lenovo TruScale, de acordo com o Presidente da Lenovo Data Center, Rodrigo Guercio, está o monitoramento exclusivo de energia e a opção de uso por capacidade (GB) para storage, que garante às corporações alinharem seus objetivos gerais de crescimento e gerenciamento de despesas, além de estarem preparados para qualquer alteração de capacidade no futuro.

O fundador da CLM, Francisco Camargo, explica que a oferta do Data Center como Serviço vem com o pacote completo: equipamento, instalação, implantação total do sistema, gerenciamento proativo, monitoramento remoto e contínuo 24x7, manutenção, atualização e treinamento. Tudo feito por profissionais altamente qualificados e experientes, usando ferramentas, sistemas e práticas de última geração.

Nesta dinâmica de atendimento ponta a ponta às empresas, há a certeza da escolha das soluções mais adequadas para suas necessidades com as várias opções, que o portfólio completo de produtos da Lenovo, que inclui o ThinkSystem e ThinkAgile, oferece. Sendo possível ainda ajustar facilmente a capacidade ou adicionar novo hardware, à medida que os negócios crescem.

“Vale mencionar que pesquisas mostram que um terço dos tomadores de decisão nos data centers consideram que as instalações atuais não atendem às suas necessidades. Este lançamento realmente muda a perspectiva de tudo que foi feito em data centers no mercado até hoje. A empresa passa a ter os mais avançados equipamentos instalados, sempre a partir de acurada avaliação de profissional, de forma personalizada e ela paga apenas pelo que consome,” ressalta Camargo.

Sem compromisso de uso mínimo

A CLM e a Lenovo cuidam da implantação e da instalação de tudo, o que acelera a obtenção de valor. E não há compromisso de capacidade mínima, de 0% a 100%. A empresa de TI decide sobre o equilíbrio entre custo e flexibilidade. Os Clientes pagam pela capacidade nominal, apenas quando suas cargas de trabalho estiverem ativamente em execução.

O serviço garante benefício contínuo de segurança física no local e do controle da capacidade e dados da empresa. Conta com monitoramento proativo do sistema, que garante o máximo de tempo de atividade. A solução de medição exclusiva da Lenovo oferece as vantagens de economia semelhante à Nuvens públicas. As estruturas de preços mensais são simples e incluem todos os serviços associados (manutenção, suporte, monitoramento remoto e integridade do sistema) em uma única conta.

 


Ministério da Justiça escolheu nuvem da Oracle para atender ao consumidor

"A nuvem nos abre um novo catálogo de possibilidades para serviços", afirma o coordenador geral de infraestrutura e serviços do Ministério da Justiça, Leonardo Greco. Serviço consumidor.gov.br migrou para a Oracle no final de maio.

Icatu Seguros: mudar atendimento ao cliente para a nuvem foi decisão irreversível

Seguradora contratou a CXone, da NICE, para migrar, em tempo recorde, os seus funcionários para o trabalho remoto. "Tínhamos de não perder a qualidade e a eficiência e adaptar o serviço ao dia a dia das casas dos colaboradores", conta o diretor de Marketing e canais, Rafael Caetano.

Diversidade e Ciência de Dados: um desafio ao Brasil

Mais mulheres precisam ocupar carreiras em Ciências, Tecnologia, Engenharia e Matemática pelo bem do País, incentiva a embaixadora da Women in Data Science da USP (WiDS @USP), Renata Sousa.

Destaques
Destaques

Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

"A nuvem tem de ser aberta, multicloud e não ter complexidade para os sistemas se falarem. Fizemos isso lá trás e foi um prejuízo. Não podemos errar porque nuvem é crucial no 5G", adverte Marcos Oliveira, diretor geral da Palo Alto Networks no Brasil. A empresa aposta suas fichas no 5G e num novo desenho para o mercado de segurança de redes.

Nuvem exige plano A, plano B e erra quem não faz recuperação de desastre

A nuvem não é proteção por si só e exige muito planejamento das empresas, afirmam especialistas de segurança da informação. Para o CISO da RNP, Emilio Nakamura, contingência e resiliência são obrigações. "Ser rápido num incidente é o relevante porque não existem sistemas 100% seguros".



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Como controlar os gastos em nuvem pública?

Por Srinivasa Raghavan*

Se as empresas obtiverem melhor visibilidade do custo de cada serviço em nuvem que utilizam, poderão encontrar o equilíbrio certo entre eles, reduzir as despesas operacionais e obter o melhor valor possível da nuvem.

O caminho da cibersegurança passa pela nuvem

Por Felipe Canale*

Com organizações cada vez mais distribuídas, manter dispositivos em todos os locais ou usar produtos diferentes para trabalhadores remotos cria inúmeras brechas de segurança, além de custar muito e sobrecarregar os recursos de TI.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site