Clicky

GOVERNO » Compras Governamentais

Governo faz compra unificada de telefonia e internet por R$ 235 milhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/10/2020 ... Convergência Digital

O governo federal abriu nesta quinta, 22/10, o esperado edital para contratação unificada de serviços de telefonia fixa e móvel para os órgãos da administração pública. Estimada em R$ 235,5 milhões, para um período de 30 meses, mas que pode chegar a 60 meses, a compra inclui minutos de voz, pacotes de dados e 923,7 mil dispositivos em comodato, entre smartphones, modems e tablets.

A demanda tem como base a intenção de compra identificada após pesquisa junto aos diversos órgãos federais, será realizada pelo sistema de ‘registro de preços’ e tem pregão marcado para acontecer em 6 de novembro próximo, por meio do portal de compras governamentais, Comprasnet. Será permitida a adesão tardia à ata, até o limite do dobro do quantitativo de cada item registrado. 

Dividido em dois lotes, um para telefonia fixa, outro para telefonia móvel, o edital separa esses quantitativos em minutos (para voz fixa e LDI móvel), pacotes mensais e em diárias de franquias de dados (no caso de roaming internacional móvel) – conforme demonstrado no quadro mais abaixo. O lote da telefonia fixa é estimado em R$ 107,3 milhões. O de telefonia móvel, em R$ 128,2 milhões. 

Conforme o estudo técnico que acompanha o edital, a Central de Compras da Secretaria de Gestão do Ministério da Economia projeta que a contratação coletiva tem potencial de gerar uma economia superior a R$ 18 milhões. “A centralização da contratação de STFC e SMP possui um significativo potencial de redução de custos administrativos no valor estimado de R$ 18.171.273,85 e de redução do valor unitários dos equipamentos por meio do potencial do ganho de escala em função da quantidade de equipamentos previstos para 2020.”

Um detalhe interessante do estudo é a pista de que o governo estuda adotar um sistema que já é experimentado no Tribunal de Contas da União de reembolso pelo uso da telefonia celular. Como aponta o estudo técnico “ao utilizar a compensação com prestação de contas anual, tem-se a potencialidade de redução dos gastos administrativos na grandeza de 87% a 32%; redução direta de custos administrativos e de pessoal aproximadamente de 94%; possibilidade de alterar os valores compensados alinhados com os praticados no mercado, o que pode alcançar a diminuição dos custos com SMP entre R$ 48.616 milhões e R$ 17.626 milhões em 5 anos”. 

A solução não foi adotada já nesta contratação porque, além de estudos de impacto para as dimensões do Executivo federal, ela exige mudanças em regras vigentes, notadamente no Decreto 8.540/15, que estabelece medidas de racionalização de gastos em contratações de telefonia. 

Como mostram os quantitativos dos lotes, a contratação implica no fornecimento, em comodato, de até 665,4 mil smartphones, Android ou IOS, quadriband, com um mínimo de 4GB de RAM e 64GB de memória; 156 mil modems 4G e 102,2 mil tablets. 

Lote 1: Telefonia Fixa

Item

Descrição do Serviço

Unidade

Quantidade

1

Ligações locais de telefones fixos para telefones fixos (STFC – Local Fixo-Fixo)

Minutos

155.354.876

 

2

Ligações locais de telefones fixos para telefones móveis – STFC - Local Fixo-Móvel (VC1)

Minutos

85.714.006 

 

3

Ligações de Longa Distância Nacional de telefones fixos para telefones fixos – STFC-LDN Fixo-Fixo (Degraus 1 a 4)

Minutos

60.507.596  

4

Ligações de Longa Distância Nacional de telefones fixos para telefones móveis – STFC-LDN Fixo-Móvel (VC2 e VC3)

Minutos

37.238.622 

5

Ligações LDI (LDI - STFC - F/FM) Origem Fixo –Qualquer país/região 

Minutos

4.625.806 

 

Lote 2: Telefonia Móvel

Item

Descrição do Serviço

Unidade

Quantidade

6

Pacote de Serviços Empresarial Tipo I (Assinatura mensal de linha de voz, com ligações locais (VC1) e LDN (VC2 e VC3) ilimitadas, envio de SMSs (limitados a 2 mil por mês), roaming nacional ilimitado, acesso à caixa  postal/secretária  eletrônica  ilimitado,  franquia  mínima  de dados  de  20  GB  e  fornecimento  de  smartphone  em  comodato

Assinatura Mensal

239.717 

7

Pacote de Serviços Empresarial Tipo II (Assinatura mensal de linha de voz, com ligações locais (VC1) e LDN (VC2 e VC3) ilimitadas, envio de SMSs  (limitados a 2 mil por mês), roaming nacional ilimitado acesso à caixa  postal/secretária  eletrônica  ilimitado,  franquia  mínima  de dados de 10 GB e fornecimento de smartphone em comodato 

Assinatura Mensal

425.701 

8

Ligações LDI (LDI - SMP - M/FM) Origem Móvel – Qualquer país/região

Minutos

2.507.547 

9

Utilização de dados em roaming internacional

Diárias de Franquia Habilitada

212.421 

10

Assinatura mensal de linha de dados, com franquia mínima de 10 GB, com fornecimento de modems 4G e SIM Cards

Assinatura Mensal

156.049 

11

Assinatura mensal de linha de dados, com franquia mínima de 10 GB, com fornecimento de tablet e SIM Cards

Assinatura Mensal

102.256 

 


STF decide julgar compartilhamento de dados no Governo sem aval judicial

Caso envolve o compartilhamento de dados entre o Ministério Público Eleitoral, Receita Federal e Tribunal Superior Eleitoral. Para o presidente do STF, Luiz Fux, a Corte vai decidir sobre o direito à privacidade, incluído o sigilo fiscal e bancário, sem a autorização prévia judicial.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.

À espera de correção no imposto sobre componentes, indústria maneja estoques

Segundo Abinee, com a demora na publicação de nova resolução Gecex, fabricantes postergaram embarques para evitar imposto de importação. Ministério da Economia diz que novo texto já foi aprovado. 



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G