GOVERNO

Agência Espacial abre edital para lançamentos comerciais na base de Alcântara

Luís Osvaldo Grossmann ... 26/05/2020 ... Convergência Digital

A Agência Espacial Brasileira abriu edital para oferta de lançamentos comerciais a partir da base de Alcântara, no Maranhão. Nesse sentido, o edital “tem o objetivo de identificar as empresas, nacionais ou estrangeiras, que tenham interesse em realizar operações no centro espacial brasileiro. 

Por acordo com o Comando da Aeronáutica, cabe à AEB realizar as tratativas iniciais com as empresas. A oferta envolve lançamentos suborbitais e orbitais empregando o Centro Espacial de Alcântara e o processo aberto trata das informações sobre o processo contratual, incluindo os processos de licenciamento e autorização para lançamento espacial. 

“O CEA consiste no conjunto de bens e serviços utilizados para o lançamento de veículos espaciais não militares em território nacional, proporcionando uma infraestrutura necessária para dar suporte às atividades específicas de empresas de lançamento. Essa condição é necessária para viabilizar a inserção brasileira no mercado internacional e regional na área espacial”, diz a AEB, em comunicado.

A preparação do uso comercial da base é fruto direto do acordo de salvaguarda tecnológica firmado entre o Brasil e os Estados Unidos e aprovado pelo Congresso Nacional no fim de 2019. O acordo permite a qualquer empresa do mundo a realização de lançamentos de artefatos espaciais contendo tecnologias sensíveis norte-americanas. 

O chamamento é uma primeira etapa. As interessadas ainda precisam de uma licença. Depois dessa fase é que vem a negociação comercial, a ser feita diretamente com o Comando da Aeronáutica – com quem o contrato será efetivamente firmado. 

Segundo a nota técnica do edital, “nesse primeiro momento, o Chamamento Público terá uma data de abertura e uma data de encerramento, período de aproximadamente de dois meses. Outros chamamentos poderão ser abertos, em período posterior, para captar novos interessados”. 


Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

ABES: Software cobra transparência do ministério da Economia

Para o presidente da Associação Brasileira de Empresas de Software, Rodolfo Fücher, o veto à prorrogação da desoneração da folha chega em um momento onde a inadimplência aumenta e da falta de crédito.País caiu para 10º no ranking mundial de software.

Governo segue com privatização de Serpro, Dataprev e Telebras para 2021

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, disse que não há mudança de planos do governo Bolsonaro, mesmo com o papel desempenhado pelas estatais de TI na pandemia, e está mantido o plano de vender 12 estatais no ano que vem.

Projetos estratégicos de TIC dependem do ajuste fino entre os 'novos' MCTI e Minicom

No 'novo' MCTI, ficam políticas de inovação, entre elas,  Inteligência Artificial. O Minicom assume a política de Telecom e a radiodifusão.

TSE manda Dataprev parar de usar dados da Justiça Eleitoral para avaliar auxílio emergencial

Pedido foi feito de forma oficial pelo presidente do Tribunal Superior Eleitoral, Luiz Roberto Barroso. A alegação é que os BDs não informam o exercício de mandato eletivo.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G