Clicky

INTERNET

Pequenos provedores lideram oferta de banda larga em 20 estados

Luís Osvaldo Grossmann ... 12/05/2021 ... Convergência Digital

Um novo relatório da Anatel sobre a oferta de banda larga no Brasil volta a destacar o papel das prestadoras de pequeno porte (PPPs) na inclusão digital. Os pequenos provedores somados lideram o mercado em 20 estados do país, concentram velocidades mais altas e uma maior proporção de conexões em fibra óptica.  

É um desempenho e tanto em um segmento que, embora menos que na telefonia celular, também é bastante concentrado no topo. Afinal, três empresas não PPPs – Claro, Vivo e Oi – detém 58% do mercado, com 21,3 milhões dos 36,2 milhões de acessos ativos de banda larga fixa. 

Todas as demais 5,9 mil empresas com menos de 5% do mercado total – regra da agência que caracteriza quem é PPP, portanto menos de 1,8 milhão de acessos – respondem por 14,9 milhões de contratos ativos. Nesse universo há empresas como Algar, Brisanet e TIM, com cerca de 700 mil clientes cada, mas também pelo menos 1 mil provedores com menos de 80 acessos em serviço. 

Heterogêneo, esse grupo das PPPs puxa o crescimento das conexões internet no país. Em 2020, elas somaram 4 milhões de novos acessos, em um ano cujo crescimento líquido foi de 3,3 milhões de conexões (Vivo e Oi perderam mais clientes do que ganharam no ano passado). 

O relatório mostra, ainda, que a fibra óptica representa 47% de todas as conexões fixas à internet no país. Mas enquanto essa é a tecnologia de aproximadamente um terço das conexões das grandes empresas, no conjunto das PPPs a fibra responde por mais de 70% das conexões – ou 10 milhões dos mais de 14 milhões de acessos desse grupo. 

Como resultado, é maior a proporção das conexões das PPPs com as maiores velocidades segundo a segmentação da Anatel. Mesmo considerando-se apenas as conexões de fibra, as grandes empresas têm 46,6% de acessos com mais de 34 Mbps. Já entre as PPPs, as velocidades mais altas representam 53,4% do total. 


Revista Abranet 34 . mai/jun/jul 2021
Veja a Revista Abranet nº 34
Redes neutras, Wi-Fi 6, tendências das compras com cartão de crédito, DPO como serviço, Regulamentação de segurança cibernética, dólar e pandemia, Leilão do 5G... Veja a revista completa.
Clique aqui para ver outras edições

Facebook decide manter contas de Donald Trump suspensas até 2023

"As ações de Trump constituíram uma violação grave de nossas regras que merecem a maior penalidade",disse o Facebook. As contas do ex-presidente dos EUA no Facebook e no Instagram estão suspensas desde o dia 07 de janeiro, um dia depois de o político elogiar pessoas envolvidas no ataque ao Capitólio.

Ativado cabo submarino de fibra óptica que liga Brasil à Europa

O cabo submarino possui 6 mil quilômetros de extensão, conectando diretamente a cidade de Fortaleza (Brasil), a Sines (Portugal), sem a necessidade de os dados passarem pelos Estados Unidos.

Brasil é o país mais influenciado por conteúdos de redes sociais

Segundo estudo da Comscore, penetração de conteúdos dessas mídias tem sucesso de 97%, acima de China, Índia e Estados Unidos.

Em ação do Google, STF julga se polícia pode identificar pessoas que fizeram mesma busca na internet

Caso específico envolve buscas sobre Marielle Franco nos quatro dias anteriores à morte da vereadora carioca, mas Supremo entendeu que há repercussão geral.

CGI.br adoça o tom e propõe colaborar com Decreto que muda o Marco Civil

Ofício à Secretaria de Cultura esquece que o governo tem o dever de ouvir o Comitê Gestor sobre temas de regulação da internet e prefere a torcida pelo despertar do espírito multissetorial.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G