INTERNET

Google descarta quebra de privacidade no Gmail

Ana Paula Lobo* ... 08/02/2019 ... Convergência Digital

Por meio de nota encaminhada ao Convergência Digital, nesta sexta-feira 08/02, a Google informou que "prestará todos os esclarecimentos necessários às autoridades. Não usamos a informação disponível no Gmail para a personalização de anúncios e estamos seguros de que nossos produtos seguem a legislação brasileira".

Nesta quinta-feira, 07/02, a Secretaria Nacional do Consumidor (Senacon), do Ministério da Justiça, abriu investigação contra a empresa por possível violação de privacidade no Gmail, o e-mail da companhia. Se condenada, a Google pode pagar até R$ 9,7 milhões de multa.

Na prática, a questão está judicializada desde 2015, quando o Ministério Público Federal do Piauí denunciou a Google por rastrear e-mails sem o consentimento dos usuários. A Google recorreu e obteve uma sentença favorável no Tribunal de Justiça do Piauí, com a argumentação que a prática não colocaria usuários em risco.

Pressionada pelas denúncias de coleta indevida de dados, a Google, em 2017, promoveu uma mudança e deixou de exibir anúncios personalizados, por meio de informações coletadas por robôs. Mas até hoje a empresa é obrigada a se explicar.

Em entrevista concedida em janeiro a um jornal alemão, o CEO da empresa, Sundar Pichai, foi taxativo sobre o assunto: Nós não usamos as informações contidas nos e-mails. Nossos sistemas automatizados verificam spam. Não pegamos dados da sua conta do Gmail e os usamos em qualquer lugar para publicidade. Usamos os dados do Gmail para lembrá-lo sobre um próximo voo ou viagem".

*Com informações de Agências Internacionais






E-commerce B2B movimentará R$ 2,39 trilhões em transações no Brasil

Bens de consumo, governo e varejo estão entre os segmentos que mais vão comprar pela web, projeta a E-consulting. Segundo ainda o estudo, 2019, será marcado pelo binômio eficiência-inovação.

Internet fica com 47% dos gastos com publicidade

Segundo a consultoria Zenith, parte do grupo francês Publicis, até 2021, rede vai deter 52% dos gastos totais com propaganda, que neste ano devem crescer 4,6%. 

Cade arquiva processo contra o Google por práticas anticompetitivas no ecommerce

A acusação partiu da E-Commerce Media Group Informação e Tecnologia, dona dos sites Buscapé e Bondfaro. Segundo a empresa, o Google estaria “raspando” avaliações de produtos que clientes para exibi-las como conteúdo no Google Shopping.

Dados pessoais são "de pessoas" e a LGPD não vai matar os negócios

Os advogados Paulo Vidigal, do Opice Blum Associados, e Fernando Bousso, do Baptista Luz Associados, advertem: a venda de base de dados é proibida hoje e seguirá proibida com a LGPD.

Oi amplia vantagem contra TIM e NET no ranking da Netflix

No mês de maio, a Oi ficou à frente das rivais na banda larga por fibra óptica com velocidade média de 4,04 Mbps. A tele está na primeira posição  no ranking da OTT há quatro meses.

Revista Abranet 27 . abril/junho 2019
Veja a Revista Abranet nº 27 A Convenção Abranet 2019 debateu economia, política e gestão. Cerca de cem empresas de internet e de tecnologia puderam ter uma visão mais clara sobre o que esperar no curto prazo. E muito mais.
Clique aqui para ver outras edições

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet - Abranet

Empresas da Internet pedem mais segurança jurídica

“O Marco Civil da Internet trouxe base sólida para criar parâmetros para se ter lei mínima para a Internet seguir avançando, mas, infelizmente, vemos varias iniciativas tentando modifica-lo", afirmou o presidente da Abranet, Eduardo Parajo.

Acompanhe a Cobertura Especial do II Congresso Brasileiro de Internet

  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G