Clicky

UIT abre seleção da consultoria que vai calcular valor do fim das concessões

Luís Osvaldo Grossmann ... 16/06/2020 ... Convergência Digital

A União Internacional das Telecomunicações abriu nesta terça, 16/6, o processo de seleção da consultoria que vai ajudar a Anatel a calcular o valor da transformação dos contratos de concessão de telefonia fixa, em regime público, em autorizações de serviço, em regime privado. 

Simultaneamente, a agência avisou do movimento no Diário Oficial da União. “A Anatel comunica que a UIT publicou um convite para processo licitatório internacional referente à contratação de ‘Prestação de Serviços de Consultoria de Apoio ao Processo de Adaptação da Modalidade de Outorga de Serviço de Telecomunicações de Concessão para Autorização’, em conformidade com suas regras e procedimentos”. 

Trata-se do “valor econômico” previsto na Lei 13.879/19 como “a diferença entre o valor esperado da exploração do serviço adaptado em regime de autorização e o valor esperado da exploração desse serviço em regime de concessão”. 

No fundo, significa fazer um encontro de contas entre as vantagens e desvantagens com a mudança de regime, o que envolve as obrigações que deixarão de existir e os ganhos projetados com a prestação do serviço. E, claro, quanto valem os bens reversíveis, o patrimônio, especialmente em redes, a ser definitivamente propriedade das empresas. 

Daí que a UIT listou como principais objetivos dessa contratação: a identificação e inventário dos bens reversíveis; a atualização do modelo de custos adotado pela agência reguladora brasileira; e o cálculo do valor econômico da adaptação dos contratos. 

As empresas interessadas em participar do processo têm até 23/7 para apresentar propostas diretamente à UIT e devem acessar o portal da Organização das Nações Unidas na internet, no endereço https://www.ungm.org/Public/Notice/109572


Internet Móvel 3G 4G
WEG testa planta piloto com 5G privado standalone da Nokia

Iniciativa conta com a parceria da ABDI e da Anatel, uma vez que duas radiofrequências serão avaliadas:uma, abaixo de 6 gigahertz (GHz), e, outra, mais alta, entre 27,5 GHz e 27,9 GHz.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Uso da faixa de 6 GHz avança no mundo. 2021 terá dispositivos e celulares Wi-Fi 6E

No Brasil, conselho diretor da  Anatel decide se vai destinar os 1200 MHz da faixa ao uso não licenciado, em movimento semelhante ao que já se deu nos Estados Unidos. Movimento semelhante acontece na Europa e no Oriente Médio.

Veja mais matérias deste especial    •    Inscrição gratuita - Clique aqui

CVM cobra Telebras que anuncia renovação por 10 anos de contrato com Eletrobras

Acordo vale para o uso de fibras óticas e infraestrutura de telecomunicações com a Companhia Hidroelétrica do São Francisco (Chesf), Centrais Elétricas do Norte do Brasil S/A (Eletronorte) e Furnas Centrais Elétricas S/A (Furnas). Estatal teve movimentação atípica de ações.

Minicom: “Queremos o 5G standalone, que é o 5G de verdade, não um 4G plus”

Ao concluir viagem à Europa e Ásia para falar com fabricantes de equipamentos, o ministro das Comunicações, Fabio Faria, avisou que o governo também defende a exigência do release 16 do 3GPP no leilão da quinta geração. 

Claro e Vivo se isolam contra a exigência do 5G pleno

TIM, provedores regionais, pequenos prestadores e operadoras competitivas reforçaram aos parlamentares que 5G pleno não custa mais nem atrasa implementação no Brasil.

Anatel publica regras para fim das concessões de telefonia

Regulamento de Adaptação do STFC traz prazos e procedimentos para Oi, Telefônica, Claro, Algar e Sercomtel decidirem sobre a migração do regime público para privado. 




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G