Clicky

Home - Convergência Digital

TIM fecha contrato de RAN para os próximos três anos

Convergência Digital* - 21/07/2020

Nas primeiras três cidades em que vai lançar sua rede 5G usando compartilhamento de espectro com 4G (DSS) em setembro, Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG) e Três Lagoas (MS) - como foi anunciado na convenção online da TIM pelo CEO Pietro Labriola- a operadora fará uma prova de conceito com um serviço de banda larga fixa sem fio (FWA, na sigla em inglês). A TIM usa os espectros de 700 MHz, 850 MHz, 900 MHz, 1,8 GHz, , 2,1 GHz e 2,5 GHz para a oferta de serviços 2G, 3G e 4G.

Será um serviço "zero touch, self-provisioning e self-caring", revelou o diretor de engenharia da TIM Brasil, Marco di Costanzo, de acordo com reportagem do site Teletime. Em outras palavras, será uma experiência "self-service", em que o próprio cliente compra o roteador (CPE) 5G e instala na sua casa, sem necessidade da visita de um técnico. Di Costanzo participou de painel sobre 5G e Wi-Fi 6 na edição digital do seminário Fórum de Operadoras Inovadoras, promovido nesta terça-feira, 21, por TELETIME e Mobile Time.

Costanzo também pontuou que a TIM "acabou de assinar um grande contrato de fornecimento de tecnologia RAN [de acesso] para os próximos três anos". Sem revelar quais são os fornecedores, o executivo afirmou que os equipamentos recebidos serão todos "5G ready", ou seja, prontos para a quinta geração, bastando atualização de software.

Fonte: site Teletime

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/11/2020
Palo Alto: É um erro enorme repetir o passado e não tornar a nuvem aberta de verdade

24/11/2020
Leilão 5G: Embaixada da China reage forte contra filho do presidente Jair Bolsonaro

24/11/2020
Minicom se diz cobrado por Bolsonaro para fazer o leilão 5G

24/11/2020
Highline compra Phoenix Tower e passa a deter 3,2 mil torres no Brasil

19/11/2020
Qualcomm e Nokia: Ondas milimétricas são a mudança do modelo de negócio no 5G

18/11/2020
Anatel: Cibersegurança em Telecom une teles e os mais de 10 mil prestadores de serviços SCM

17/11/2020
TBNet fecha parceria com tele para transformar 23 mil ATMs em hotspots Wi-Fi 5G

16/11/2020
EUA autorizam Qualcomm a exportar chips 4G para Huawei, mas proíbe o 5G

13/11/2020
Oi avalia 5G para usar 3,5 GHz em banda larga fixa

12/11/2020
Anatel e ABDI vão testar uso industrial e redes privadas no 5G

Destaques
Destaques

Aos 23 anos, Anatel lista 5G como próximo desafio

“Entre os desafios que nos aguardam, a economia brasileira precisa ter sua digitalização aprofundada, a conectividade precisa se tornar mais real na vida dos brasileiros”, destacou o presidente da agência, Leonardo de Morais, também ressaltando a segurança cibernética e renovação das concessões em 2025.

Classes D e E só têm o celular para teletrabalho e aulas remotas

Quase 40% dos alunos usam apenas os celulares para acompanhar as aulas online no Brasil, revela a 3ª edição do Painel TIC Covid-19, do CGI.br. No levantamento, porém, 36% dos alunos reclamam da baixa qualidade da conexão à Internet.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

IoT e os novos negócios e aplicações para o mercado de energia

Por Pedro Al Shara*

Analistas de mercado estimam que o impacto da Internet das Coisas na economia alcance de 4% a 11% do Produto Interno Bruto do planeta em 2025.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site