GESTÃO

Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

Luís Osvaldo Grossmann ... 22/01/2020 ... Convergência Digital

O secretário de desestatização do Ministério da Economia, José Salim Mattar, afirmou em entrevista à Rádio Gaúcha, do Rio Grande do Sul, que servidores públicos do Serpro e da Dataprev vendem dados dos cidadãos, fiscais e previdenciários, que estão sob custodia das estatais. Em resposta, a Fenadados e sindicatos da Frente Nacional dos Trabalhadores em Informática informam que vão processar por calúnia. 

“Empresa estatal não funciona bem. Nossos dados estão sendo vendidos pelos servidores públicos dessas estatais. Temos que privatizar”, afirmou Mattar durante a entrevista, concedida na terça, 21/1. Segundo o secretário, “Está acontecendo isso porque é empresa pública, se fosse privada não aconteceria.” A íntegra pode ser conferida neste link

A entrevista, primeiro revelada pelo site Capital Digital, provocou reação das entidades que representam os servidores. “A Fenadados e os sindicatos que constroem a FNI adotarão todas as medidas judiciais cabíveis e representarão, junto à Procuradoria Geral da República por crime de responsabilidade, desvio de finalidade e calúnia contra o sr. Salim Mattar.” 

Segundo a Fenadados, Mattar deixou de mencionar que "o vazamento de dados a que se refere foi descoberto em 2019 e, embora envolva o programa Hiscon, esse banco de dados só pode ser acessado nas agências ou no site do INSS com login e senha do usuário. Portanto, dificilmente tem envolvimento dos trabalhadores da Dataprev."


Carreira
TST: Teletrabalho tem de respeitar os contratos de trabalho

Corte aponta, no entanto, que em situações emergenciais, como a atual crise da Covid-19, a adoção da jornada online temporária prescinde formalização, mas deve respeitar leis trabalhistas. 

Serpro suspende atendimento e emissão de certificados digitais por coronavírus

Depois de medidas internas de teletrabalho, estatal avisa que também estão suspensos atendimentos presenciais na sede e na regionais de Rio de Janeiro e São Paulo.

Governo Digital chama voluntários para testarem apps de serviços públicos

Primeiros avaliados são o eSocial e o portal gov.br. Próximo será carteira de motorista digital. Inscrições são pelo email atendimento@portal.gov.br.

eSocial: leiaute novo usa CPF como identificação única do trabalhador

Versão beta do novo leiaute do Sistema de Escrituração Digital das Obrigações Fiscais, Previdenciárias e Trabalhistas (eSocial) está disponível para a avaliação das mudanças realizadas pelo Governo.

eSocial: Alterações relativas à contribuição previdenciária estão no ambiente de testes

O comitê do eSocialdiz que para permitir que empregadores e desenvolvedores façam testes foram estabelecidas datas fictícias relativas às faixas de salário de contribuição.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G