Clicky

GOVERNO

Governo inclui Telebras no orçamento do MCTIC e acelera o fechamento de capital

Convergência Digital* ... 16/08/2019 ... Convergência Digital

Não houve tempo de reação por parte da Telebras. Em novo comunicado enviado à CVM, na noite desta quinta-feira, 15/08, a estatal comunica que foi reclassificada pela Secretaria de Coordenação e Governança das Empresas Estatais (SEST) do Ministério da Economia como estatal dependente nos orçamentos Fiscal e de Seguridade Social da União do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) para o exercício de 2020. Isso significa que a Telebras, agora, é dependente do dinheiro do MCTIC para sobreviver e fazer seus planos de investimentos.

A estatal - que revela a contrariedade com a situação nos fatos relevantes - até tenta reverter a situação - que veio a público no dia 08/08, quando teve de informar ao mercado que não estaria mais listada no orçamento de investimento e de dispêndios globais em 2020. A Telebras ainda insiste em dizer que a situação ' não é definitiva', mas os trâmites do governo federal mostram o contrário.

Como forma de reação, a Telebras informa que encaminhou uma carta ao Tribunal de Contas da União (TCU) pedindo para que sejam esclarecidos os critérios do novo enquadramento. A inclusão no orçamento do MCTIC foi feita por meio de ofício assinado também nesta quinta-feira, 15/08, pela diretora do departamento de administração do MCTIC, Flávia Duarte Nascimento.


Liminar suspende processo de liquidação do Ceitec pelo governo Bolsonaro

Justiça Federal no Rio Grande do Sul acatou pleito em ação civil pública e determinou a suspensão da assembleia que nomearia liquidante da estatal do chip, localizada em Porto Alegre.

Bolsonaro recoloca Jarbas Valente no comando da Telebras

Ex-conselheiro e vice-presidente da Anatel deixou a estatal para ser substituído por Waldemar Gonçalves Ortunho Junior, em abril de 2019, mas, agora, retoma à companhia com a nomeação do coronel para a direção da Agência Nacional de Proteção de Dados.

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Consórcio vencedor reúne Accenture, a multinacional de RP Burson-Marsteller e o escritório Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados.

Governo alega prejuízo de R$ 10 bi e vai ao STF contra desoneração da folha

Benefício, que acabaria este ano, foi prorrogado para dezembro de 2021, por decisão do Congresso Nacional, que derrubou o veto do governo. A desoneração da folha é considerada essencial para as empresas de TI e Telecom. Governo diz que medida é inconstitucional.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • O Portal Convergência Digital é um produto da editora APM LOBO COMUNICAÇÃO EDITORIAL LTDA - CNPJ: 07372418/0001-79
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G