INCLUSÃO DIGITAL

Anatel quer saber se há interesse em investir em satélites no Brasil

Convergência Digital ... 20/08/2019 ... Convergência Digital

A Anatel abriu duas consultas públicas, uma sobre interessados em posiçoes orbitais para satélites brasileiros e a outra sobre exposição a campos radioeletricos.  A Consulta nº 45 tem por finalidade coletar informações do mercado e do público a respeito da existência de exploradoras de satélites e verificar a existência de interesse para o provimento ininterrupto da capacidade satelital por 5 anos, a partir de 1º de janeiro de 2021. O objetivo é a ocupação da posição de quatro satélites brasileiros, cujo prazo final do  direito de exploração orbital termina em dezembro de 2020. Ela recebe contribuições até 7 de setembro.

Já Consulta nº 42 é sobre a proposta de alteração da avaliação da exposição humana a campos elétricos, magnéticos e eletromagnéticos associados à operação de estações transmissoras de radiocomunicação, propõe alteração do art. 8º do Ato nº 458 e a modificação da data de entrada em vigor do Ato n º 3388, alterado para o dia 30 de janeiro de 2019, com exceção do §2º do artigo 5º, que entrará em vigor no dia 30 de janeiro de 2020. Nesse caso, as propostas serão aceitas até 28 de agosto.

As sugestões fundamentadas e devidamente identificadas devem ser encaminhadas por meio de formulário eletrônico do Sistema Interativo de Acompanhamento de Consulta Pública, disponível no endereço na Internet http://sistemas.anatel.gov.br/sacp/. As manifestações recebidas pela Anatel permanecerão à disposição do público na biblioteca da Agência. 


Carreira
No Rio, apenas 21% das empresas adotam o teletrabalho

A 15ª Pesquisa de RH para RH 2018/2019, realizada pelo TI Rio (Sindicato das Empresas de Informática do Rio de Janeiro), mostra que há uma grande desigualdade de genêro, com os homens ganhando quase o dobro que as mulheres em funções equivalentes.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Domicílios com Internet chegam a 67% no Brasil, mas desigualdade permanece

TIC Domicílios 2018, do CGI.br, revela que as classes D e E elegeram o smartphone como o meio preferencial de acesso.

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web já formou 200 jovens em linguagem de programação, mas, agora,busca recursos para ensinar as profissões do futuro como Inteligência artificial e internet das coisas.

Anatel aprova consulta para aumentar potência do Wi-Fi

Além de permitir o uso de equipamentos WiFi na faixa de 60 Ghz, para o WiGig, que promete conexões de até 7 Gbps, agência prevê aumentar a potência atual dos aparelhos na faixa de 5 GHz.  

Anatel quer saber se há interesse em investir em satélites no Brasil

Consulta pública sobre o tema recebe contribuições até 7 de setembro. Ideia é saber se há empresas que queiram prover serviço ininterrupto de capacidade satelital por cinco anos a partir de 1 de janeiro de 2021.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G