GESTÃO

BRF faz transformação digital e consumidor ganha voz de decisão

Ana Paula Lobo ... 05/07/2019 ... Convergência Digital

A transformação digital da BRF, uma das maiores companhias de alimentos do mundo, com mais de 30 marcas em seu portfólio, entre elas, Sadia, Perdigão, Qualy,  e com  produtos comercializados em 150 países passou por evoluir o atendimento ao consumidor, adotando o SAC 2.0, com a plataforma Services Cloud, da Salesforce.

"O consumidor ganhou voz de decisão", conta a gerente executiva da área de Relacionamento com Consumidores e Clientes da BRF, Patrícia Matsunaga. A executiva exemplifica: quando a Sadia tirou de linha o tender sem osso houve uma enxurrada de reclamações. Com os dados referendados e analisados, a companhia voltou atrás. "Teve cliente dizendo que nós tínhamos acabado com a mesa de natal deles. E não foi um ou dois, foram muitos. Essa interação nos fez comprovar o erro na decisão", reforçou.

O processo de transformação digital começou em 2016 com a implantação de novas formas de atendimento ao consumidor. "Nós decidimos manter um SAC próprio. O time interage e percebe a reação do nosso cliente. O SAC 2.0 nos permitiu tratar melhor os dados e gerar uma resposta mais rápida", conta ainda Patrícia Matsunaga.

Reunir os dados do SAP, do CRM ao SAC foi o maior ganho contabilizado com a integração dos dados em tempo real. "Deixamos de ficar reféns de planilhas soltas e, agora, temos uma integração que ajuda a tomada de decisão", reforça a executiva. O uso da nuvem permite também que, já a partir de agosto, aconteçam as vendas de produtos natalinos.

A migração da Lei do SAC para a Lei Geral de Proteção de dados está acontecendo na BRF, conta ainda a executiva. Um comitê interno está trabalhando para revisitar todos os procedimentos. Assistam a entrevista com Patrícia Matsunaga.


Carreira
Parceria oferece 100 mil vagas gratuitas em cursos de programação

Iniciativa da Digital Innovation One e do Sindicato patronal de TI de São Paulo pretende capacitar mão de obra e identificar talentos em tecnologia. Os interessados podem, por exemplo, aprender Javascript, HTML, Reactjs, banco de dados, Python, Git, blockchain e inteligência artificial.

Empresas de software reagem a novo imposto no Rio de Janeiro

Tributo, oriundo do Fundo Orçamentário Temporário (FOT), passaria a valer a partir de 01 de janeiro, mas liminar, concedida à FIRJAN, adiou a cobrança para março. "Legislação é inconstitucional e vamos reagir", diz o presidente do TI Rio, Benito Paret.

Contrato bilionário de serviços na nuvem do TJSP com Microsoft volta à mesa com decisão do STF

Supremo suspendeu uma resolução do CNJ que obriga aos tribunais a adotarem plataforma desenvolvida pelo próprio Judiciário para tramitação eletrônica de processos.

Ministério da Justiça vai usar OTTs de mensagem para mandar intimações

Não está claro se as intimações irão por WhatsApp e Telegram ou por apenas um OTT. Os interessados têm de concordar em receber a intimação pelo celular.

Governo estuda como transferir dados para Serpro e Dataprev pós-privatização




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G