INCLUSÃO DIGITAL

Viasat testa internet via satélite em 20 comunidades no interior de São Paulo

Convergência Digital ... 10/07/2019 ... Convergência Digital

A partir deste mês, a Viasat lança um programa de testes, implementando hotspots de Wi-Fi Comunitário gratuito, com velocidades de até 25 Mbps, em 20 comunidades sem serviço ou com serviço deficitário no estado de São Paulo. A empresa pretende expandir o serviço para a região Nordeste do Brasil no final deste ano. O Brasil será o segundo país a receber o serviço de hotspots de Wi-Fi Comunitário da Viasat, que foi lançado oficialmente em 2018, no México. Atualmente, 1,5 milhões de mexicanos que viviam em comunidades com pouca ou nenhuma conexão à internet, agora estão a poucos passos de um hotspot da Viasat.

O serviço de hotspots de Wi-Fi Comunitário pode ser implementado com investimento mínimo em infraestrutura local, para trazer serviço de internet com bom custo-benefício para lugares onde existem grandes lacunas entre demanda, custo e disponibilidade. O serviço pode ser instalado em poucas horas em locais estratégicos dentro da comunidade. Instalações típicas são feitas em parceria com pequenos comerciantes com localização central na comunidade (por exemplo, uma padaria), com conexão à internet vendida em pacotes de dados ou por tempo de uso, e a disponibilidade desses serviços atinge e cria raízes em toda a comunidade.

"Milhões de brasileiros têm pouca ou nenhuma oportunidade de acessar internet de qualidade, ou por falta de infraestrutura terrestre ou por que o serviço de internet oferecido em suas comunidades é muito caro", afirma  Kevin Cohen, gerente geral de Wi-Fi Comunitário da Viasat. "Lançando o Wi-Fi Comunitário no Brasil, estamos oferecendo um meio para os brasileiros se conectarem à internet a preços acessíveis. Eles podem se comunicar com familiares e amigos, acessar materiais de estudo, participar de iniciativas médicas online, melhorar suas oportunidades de carreira e até mesmo passar a usar programas de banco online e e-commerces."

O serviço de Wi-Fi Comunitário fará uso do satélite SGDC-1, de propriedade da Telebras, que opera na banda de espectro de 18/28 GHz. Em fevereiro de 2018, a Viasat firmou um acordo com a Telebras para utilização comercial do satélite, servindo iniciativas da Viasat como o Wi-Fi Comunitário, internet residencial e comercial, e conectividade a bordo. A parceria com a Telebras também inclui atender escolas públicas, unidades de saúde e outros serviços públicos sob a iniciativa do Governo Eletrônico - Serviço de Atendimento ao Cidadão (Gesac), do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC).

"Estamos plenamente comprometidos a ajudar o Brasil a fechar sua lacuna digital ao conectar milhões de pessoas no país à internet de alta qualidade, independentemente de onde estiverem. Queremos que todos tenham acesso aos mesmos conhecimentos e oportunidades para ter voz e participar ativamente da comunidade global", afirma a vice-presidente e gerente geral da Viasat no Brasil, Lisa Scalpone.

A Viasat está trabalhando com parceiros estratégicos para a expansão de sua iniciativa de Wi-Fi Comunitário, incluindo parceiros como a Visiontec, anunciada no começo de junho. A Visiontec está ajudando na instalação e manutenção de infraestrutura de Wi-Fi Comunitário nos 20 pontos de teste. A conexão à internet deve ser fornecida como um serviço gratuito durante o programa de testes.

*Com informações da Viasat


Mais da metade das mulheres no mundo está sem acesso à Internet

União Internacional de Telecomunicações adverte que o sexo feminino é o mais afetado pela desigualdade no acesso à banda larga, em especial, nos países em desenvolvimento.

Huawei: nação digital é o último estágio da transformação digital

Conceito ainda é muito novo, mas engloba o uso e a análise dos dados para retroalimentar produtos e processos, conta o diretor de Comunicação e Relações com o Governo da Huawei Brasil, Juelinton Silveira.

Audima cria ferramenta para levar conteúdo aos analfabetos digitais

A partir da própria dor, uma vez que tem dislexia, Paula Pedrosa criou a Audima, uma startup que transforma palavras em áudios. "O império da visão exclui muita gente. Nosso desafio, hoje, é mostrar que inclusão monetiza", observa a executiva.

Domicílios com Internet chegam a 67% no Brasil, mas desigualdade permanece

TIC Domicílios 2018, do CGI.br, revela que as classes D e E elegeram o smartphone como o meio preferencial de acesso.

Nas favelas, há jovens ávidos para aprender e trabalhar com TICs

O projeto Vai na Web já formou 200 jovens em linguagem de programação, mas, agora,busca recursos para ensinar as profissões do futuro como Inteligência artificial e internet das coisas.

Anatel aprova consulta para aumentar potência do Wi-Fi

Além de permitir o uso de equipamentos WiFi na faixa de 60 Ghz, para o WiGig, que promete conexões de até 7 Gbps, agência prevê aumentar a potência atual dos aparelhos na faixa de 5 GHz.  



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G