Home - Convergência Digital

TIM fecha contrato de RAN para os próximos três anos

Convergência Digital* - 21/07/2020

Nas primeiras três cidades em que vai lançar sua rede 5G usando compartilhamento de espectro com 4G (DSS) em setembro, Bento Gonçalves (RS), Itajubá (MG) e Três Lagoas (MS) - como foi anunciado na convenção online da TIM pelo CEO Pietro Labriola- a operadora fará uma prova de conceito com um serviço de banda larga fixa sem fio (FWA, na sigla em inglês). A TIM usa os espectros de 700 MHz, 850 MHz, 900 MHz, 1,8 GHz, , 2,1 GHz e 2,5 GHz para a oferta de serviços 2G, 3G e 4G.

Será um serviço "zero touch, self-provisioning e self-caring", revelou o diretor de engenharia da TIM Brasil, Marco di Costanzo, de acordo com reportagem do site Teletime. Em outras palavras, será uma experiência "self-service", em que o próprio cliente compra o roteador (CPE) 5G e instala na sua casa, sem necessidade da visita de um técnico. Di Costanzo participou de painel sobre 5G e Wi-Fi 6 na edição digital do seminário Fórum de Operadoras Inovadoras, promovido nesta terça-feira, 21, por TELETIME e Mobile Time.

Costanzo também pontuou que a TIM "acabou de assinar um grande contrato de fornecimento de tecnologia RAN [de acesso] para os próximos três anos". Sem revelar quais são os fornecedores, o executivo afirmou que os equipamentos recebidos serão todos "5G ready", ou seja, prontos para a quinta geração, bastando atualização de software.

Fonte: site Teletime

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

30/10/2020
TIM ativa piloto de banda larga fixa com 5G DSS

28/10/2020
FCA e TIM anunciam carro conectado no Brasil para primeiros meses de 2021

28/10/2020
Aplicações são prioridade no laboratório 5G da NEC no Brasil

27/10/2020
Claro: 5G DSS não é marketing. É real e faz muito sentido no Brasil

26/10/2020
Americanet inicia testes de rede 5G em Pindamonhangaba (SP)

26/10/2020
Governo da Itália usa poder de veto e manda empresa cancelar acordo com Huawei

21/10/2020
TRE-SP cita LGPD e manda TIM e Facebook identificarem autoria de campanha eleitoral ilegal

20/10/2020
EUA pressionam Brasil a banir Huawei em troca de financiamento para 5G

19/10/2020
NASA leva 4G e projeta 5G na Lua

15/10/2020
5G: Teles insistem em filtro nas parabólicas e rejeitam migração da TV

Destaques
Destaques

Conexão no campo pode render até R$ 50 bilhões em dois anos

Estudo do Ministério da Agricultura e Pecuária (MAPA) revela que, hoje, faltam quase 15 mil antenas e torres para ofertar o serviço necessário para a digitalização do agronegócio. Os números foram revelados no Painel Telebrasil 2020.

Vitor Menezes, Minicom: Vamos brigar por um leilão 5G não arrecadatório

O Ministério das Comunicações sinalizou às operadoras que trabalha para convencer os colegas de Esplanada a concentrar os valores envolvidos no leilão do 5G em compromissos de cobertura, minimizando o preço a ser pago ao Estado, afirmou o secretário de Telecomunicações, Vitor Menezes, ao participar do Painel Telebrasil 2020.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

A democratização do 5G e os desafios para as PPPs

Por Lincoln Oliveira*

Para evitar um provável cenário em que apenas as grandes empresas possam trabalhar com a nova tecnologia, será fundamental contar com os serviços das prestadoras de pequeno porte a fim de expandir o acesso à internet de alta qualidade a todas as regiões do país.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site