INOVAÇÃO

Empreendedorismo exige coragem, foco, resiliência e persistência

Ana Paula Lobo e Pedro Costa, de Curitiba, PR ... 03/09/2019 ... Convergência Digital

Um dos maiores atletas do Brasil, o medalhista olímpico de 2012 na natação, Thiago Pereira, diz que o esporte de alta performance é muito parecido com o empreendedorismo. Isso porque, salienta, empreender exige coragem, foco, resiliência e persistência.

"O esporte de alta performance exige autoresponsabilidade, autodisciplina e uma ousadia em arriscar. Quem empreende precisa ter todos esses pilares também", diz Pereira, em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o My Inova Summit 2019, realizado nos dias 21 e 22 de agosto, com organização da Assespro Paraná e da Federação Assespro.

"Sai de Volta Redonda e fui morar em Minas Gerais com 15 anos sem saber se ia dar certo ou não. O arriscar foi fundamental para construir a minha carreira na natação", diz Thiago Pereira. Segundo ainda o nadador, que hoje faz palestras voltadas ao empreendedorismo, 'quem toma os caminhos têm de ter autoresponsabilidade por si pelas suas decisões". Lamenta ainda o fato de as pessoas estarem jogando a toalha diante dos primeiros tombos. Assistam a entrevista com Thiago Pereira.



Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.

Open Banking faz XP ir às compras no Brasil

XP anunciou a aquisição de participação majoritária na fintech Fliper, responsável, hoje, por mapear R$ 7 bilhões lem investimentos na sua plataforma.

Software livre venceu e desapareceu. Agora tudo é serviço.

Como lembrou o cientista e professor Sílvio Meira, ao participar do Convergência Digital em Pauta, até o Windows passou a rodar sobre fundação Linux.  O mundo, hoje, é de quem tem o serviço como diferencial de concorrência.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G