INOVAÇÃO

Projetos inovadores de todo o Brasil poderão receber até R$ 200 mil

Convergência Digital* ... 10/09/2019 ... Convergência Digital

O Programa Conecta Startup Brasil lançou um edital para a seleção de 100 equipes empreendedoras e startups em estágio inicial (early stage) interessados em retirar suas ideias do papel e desenvolver o seu negócio por meio de uma ação integrada de capacitação, mentoria com profissionais de mercado, conexão com empresas e networking. Projetos aprovados poderão receber até R$ 200 mil em aportes. Para participar não é necessário ter CNPJ constituído e são aceitas equipes com um mínimo de dois empreendedores.

O Conecta Startup Brasil tem como principal objetivo aumentar a densidade de empreendedores e de startups. O programa também visa capacitar os empreendedores e conectar os diferentes atores do ecossistema. A iniciativa é resultado de uma ação conjunta entre o Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), a Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial (ABDI), a Softex e o parceiro executor, o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (CNPq).

"Existe uma grande demanda das empresas por soluções inovadoras e, com o Conecta Startup Brasil, as startups terão a oportunidade de desenvolver essas soluções. Assim, os empreendedores ampliam suas bases de negócios e se tornam cada vez mais preparados para os desafios do mercado. Já para as empresas, o programa é uma oportunidade para fortalecer a cultura de inovação aberta e participar do ecossistema de inovação", destaca Paulo Alvim, secretário de Empreendedorismo e Inovação do MCTIC.

No início do mês de agosto, o Conecta Startup Brasil divulgou a relação das 50 empresas de diferentes setores e indústrias selecionadas para participar do Programa, uma relação que inclui, entre outras organizações, 3M, Boticário, Natura, Vale, Enel, Usiminas, Burger King, Votorantim Cimentos, Johnson & Johnson, L'Oréal, Fiat e BASF. A ideia é que essas organizações mobilizem as equipes empreendedoras a partir de 237 desafios reais mapeados em diferentes áreas, tais como Indústria 4.0, Saúde, Educação, Treinamento, Comunicação, Construção Civil, Energia, Varejo e Transformação Digital.

"Esta chamada é uma oportunidade única para que empreendedores e startups em estágio inicial validem a ideia proposta em sintonia com as necessidades reais do mercado, recebendo acompanhamento e mentorias. É, também, uma ponte de conexão com os principais players do ecossistema de inovação nacional", destaca Diônes Lima, vice-presidente da Softex.

Para mobilizar empreendedores de todas as regiões e disseminar conteúdos sobre inovação e empreendedorismo, o Conecta Startup Brasil está promovendo um roadshow por todas as regiões do país. Nas próximas semanas, ele percorrerá as cidades de Manaus, Porto Velho, Roraima, Belém, Palmas e Rio Branco (Norte); Campo Grande, Goiânia e Brasília (Centro-Oeste); Recife, Natal, Salvador e Teresina (Mordeste); Florianópolis, Porto Alegre, Curitiba (Sul); e Belo Horizonte e São Paulo (Sudeste).

Os empreendedores interessados em se preparar para a chamada podem participar gratuitamente do programa de capacitação na plataforma de EAD do Conecta Startup Brasil que inclui, além de videoaulas, materiais complementares e exercícios de avaliação. Inscrições no endereço www.cursos.conectastartupbrasil.org.br.

A próxima etapa do Conecta Startup Brasil envolve a mobilização de mentores, o cadastro de investidores e de aceleradoras parceiras. As inscrições para as equipes empreendedoras e startups prosseguem até o dia 27 de setembro. A íntegra do edital está disponível para consulta no endereço https://conectastartupbrasil.org.br/


Cloud Computing
IA Carol, da TOTVS, liderou força-tarefa por soluções no combate à Covid-19

A ferramenta de inteligência artificial  da empresa de ERP foi usada para desenvolver soluções emergenciais como registro de ponto remoto e de entrega de alimentação pelos apps, conta o VP da companhia, Marcelo Eduardo Cosentino. Sobre a LGPD, o executivo diz que a tarefa mais complexa é mudar o tratamento do dado nas companhias.


Indústria de semicondutores reage à liquidação da Ceitec

Em nota, associação nacional do setor indica “preocupação” com a medida. “Liquidação distanciará ainda mais o Brasil do conhecimento de ponta.”

OBr.Global promove bootcamps Live sobre empreendedorismo

Aceleradora, especializada em internacionalização das empresas, ensinará técnicas adotadas no Vale do Silício, nos EUA.

Política de informática foi feita para o hardware, mas deu certo com o software

Para Sílvio Meira, a estratégia que o Brasil quer desenhar para Inteligência Artificial precisa desafiar à produção nacional para trazer os resultados pretendidos.

Open Banking faz XP ir às compras no Brasil

XP anunciou a aquisição de participação majoritária na fintech Fliper, responsável, hoje, por mapear R$ 7 bilhões lem investimentos na sua plataforma.

Software livre venceu e desapareceu. Agora tudo é serviço.

Como lembrou o cientista e professor Sílvio Meira, ao participar do Convergência Digital em Pauta, até o Windows passou a rodar sobre fundação Linux.  O mundo, hoje, é de quem tem o serviço como diferencial de concorrência.



  • Copyright © 2005-2020 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G