Clicky

Home - Convergência Digital

No 5G, Oi desponta como 'azarão' na faixa de 26GHz

Ana Paula Lobo - 13/04/2021

A Oi não vai disputar o 5G para a oferta ao consumidor final, até porque a tele vendeu sua operação móvel à TIM, Vivo e Claro. Mas pode vir a ser um 'azarão' no leilão da faixa de 26 GHz, com espectro mmWave. A afirmação foi feita pelo CEO da Oi, Rodrigo Abreu, ao participar de teleconferência, nesta terça-feira, 13/04, para explicar a operação de venda da InfraCo, a unidade de fibra ótica para o fundo do BTG Pactual, por R$ 12,9 bilhões.

"Não vamos atender ao cliente final com o 5G, mas temos interesse em ter espectro para fazer banda larga fixa wireless", adiantou Abreu. Ele também falou sobre a InfraCo dizendo que a empresa poderia também participar para ampliar o backhaul. "Não faz sentido pensar o 5G como alternativa para chegar ao cliente final. Mas faz, sim, como ter uma opção a mais de espectro para banda larga fixa sem fio", pontuou o CEO da Oi.

Abreu, no entanto, foi cauteloso para cravar ou não a presença da Oi no certame. Disse que a operadora vai aguardar a publicação dos preços e do edital final do leilão - ainda em análise no Tribunal de Contas da União.

O leilão de 26Ghz programado pela Anatel prevê a venda de 1GHz, sendo leiloados 5 blocos nacionais e 3 blocos regionais de 400 Mhz, aqui com a agência reguladora atenta a possível participação dos provedores de Internet. Caso não apareçam interessados, a Anatel fará uma nova rodada com 10 blocos nacionais e 6 regionais, agora, com 200 Mhz.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

11/06/2021
Oi Soluções amplia oferta de serviço de segurança na nuvem

09/06/2021
IBM: Com 5G e Edge, redes das teles serão plataformas definidas por software

07/06/2021
Inmarsat vai à justiça contra 3,5GHz exclusivo para 5G na Holanda

02/06/2021
Minicom leva TCU aos EUA para aparar arestas com relação ao leilão 5G

02/06/2021
Câmara cobra explicações do TCU, Minicom e Anatel sobre edital do 5G

02/06/2021
Justiça manda Oi devolver tarifas interurbanas em Florianópolis

01/06/2021
O 5G ainda está à espera do leilão, mas Inatel e RNP lideram projeto Brasil 6G

01/06/2021
Itália permite acordo restrito entre Vodafone e Huawei no 5G

31/05/2021
Huawei se diz disposta a abrir o código-fonte do software 5G para o governo dos EUA

31/05/2021
Anatel: Questionamentos do TCU não impedem leilão do 5G em 2021

Destaques
Destaques

GSMA faz ofensiva para reverter decisões a favor do Wi-Fi na faixa de 6GHz

Associação da indústria móvel admite, porém, que os países, na sua maioria, estão decidindo por dar a faixa de 6GHz, com 1200 Mhz, para os serviços não-licenciados, mas adverte: o 5G vai precisar de 2GHz de espectro na próxima década para oferecer todo o seu potencial.

STJ: É ilegal polícia clonar celular de investigado

Para o Superior Tribunal de Justiça, além de constituir uma forma ilícita de interceptação, esse procedimento acarretaria a suspensão indevida da comunicação telefônica e telemática dos investigados.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

5G e a expansão da capacidade de inovação

Por Alex Takaoka*

Segurança da informação, interoperabilidade e infraestrutura ocuparão um papel importante na implantação da tecnologia 5G.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site