Clicky

Algar é autorizada a emitir R$ 1,5 bi em debêntures incentivadas. BTG investe na área

Ana Paula Lobo* ... 26/04/2021 ... Convergência Digital

O Ministério das Comunicações aprovou a captação de R$ 1,5 bilhão por parte da Algar Telecom por meio de debêntures incentivadas. Esta é a segunda liberação. A primeira foi para a TIM, com R$ 5,7 bilhões.

Na Algar Telecom, os recursos serão usados para expansão e modernização da rede de comunicação de dados para a oferta dos serviços de acesso à internet, voz para os segmentos do mercado varejo, empresas e operadoras por meio da implantação de redes móveis e fixas com tecnologia 3G, 4G, 5G, GPON e MetroEthernet e Backbone IP/DWDM, além da implantação de redes de transportes, redes de acesso e infraestrutura de rede.

De acordo com o projeto, serão implantadas redes nos estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Espírito Santo, Goiás, Mina Gerais, Mato Grosso do Sul, Paraíba, Pernambuco, Paraná, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe, São Paulo e Distrito Federal. O prazo para capitalização é de cinco anos.

O programa de debêntures incentivadas gera descontos no imposto de renda dos investimentos realizados em redes com os recursos captados. Devem realizar os aportes em no máximo dois anos após a oferta pública. E atento ao movimento do mercado, o BTG Pactual anunciou o lançamento do BTG Pactual Dívida Infra, Fundo Incentivado de Investimento em Infraestrutura (FI-Infra).

Com foco em investir em operações de crédito privado de longo prazo via debêntures incentivadas, contribuindo para o financiamento de projetos de infraestrutura no Brasil, ao mesmo tempo em que busca rendimentos atrativos aos seus clientes. O fundo é listado na B3, gerido pela BTG Pactual Asset Management e está disponível para investidor qualificado, com investimento mínimo de uma cota via Home Broker .

"Vemos muito potencial de crescimento para este fundo, que levantou R$ 480 milhões na primeira rodada de captação e já nasce com excelentes projetos em seu portfólio. Nosso objetivo é buscar operações que aliem retornos atrativos a bons perfis de crédito, proporcionando exposição a bons projetos e condições diferenciadas para nossos clientes", afirma Eduardo Arraes, Head de Crédito da BTG Pactual Asset Management.

A partir do FI-Infra, o investidor terá acesso exclusivo a uma carteira de ativos em condições usualmente inacessíveis ao investidor qualificado. Por se tratar de investimento em debêntures incentivadas há, ainda, isenção total de IR para pessoas físicas, tanto para renda como para ganho de capital.

O patrimônio total de fundos de investimento em debêntures de infraestrutura listados em bolsa hoje é de aproximadamente R$ 4,5 bilhões, com potencial de dobrar de tamanho nos próximos anos. A expectativa é que o FI-Infra do BTG Pactual seja um dos principais vetores desse crescimento. O fundo está disponível na B3 sob o ticker BDIF11.

*Com informações do BTG Pactual



Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Minicom prorroga consulta sobre mudanças na Lei da TV paga

Prazo para contribuições, que terminaria em 25/6, foi esticado até 4 de julho. Sugestões vão subsidiar grupo de trabalho que estuda proposta de alteração nas regras da TV por assinatura.

À espera da venda para TIM, Claro e Vivo, Oi Móvel emite R$ 2 bilhões em debêntures

Em fato relevante, a operadora informou que as debêntures serão subscritas e integralizadas por fundo de investimento gerido por subsidiária do Banco BTG Pactual S.A. Operação segue em análise no CADE e na Anatel.

Red Hat: para ser cloud nativa, uma tele precisa mais do que transformação digital, precisa de nova cultura

Mudar a mentalidade é essencial para que uma operadora de telecomunicações transforme seus negócios e suas redes, afirma Livio Tulio Silva, da Red Hat.

Cade aprova venda do controle da empresa de fibra da TIM para IHS

Operadora vai receber R$ 1 bilhão e pretende usar o dinheiro para pagar a fatia com a qual vai ficar a partir da compra da Oi Móvel.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G