SEGURANÇA

Segurança da Informação segue muito baixa nos órgãos do Governo

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 22/04/2019 ... Convergência Digital

O governo digital - que quer levar serviços para a Internet- vai aumentar de forma exponencial a base de dados nas mãos do Poder Executivo e isso exige uma adequação à Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, mas há uma questão relevante: a grande maioria dos órgãos públicos ainda é bastante incipiente na parte da segurança da informação, admite o coordenador geral de contratações de TICs do ministério da Economia, Sílvio Lima.

Ao participar de mesa redonda sobre o impacto da segurança da informação nos negócios das empresas e nas instituições governamentais, realizada pelo portal Convergência Digital, em parceria com a Unisys e a Dell EMC, Silvio Lima, diz que, há uma contratação, ainda em curso, de segurança da informação onde a falta de maturidade impactou os processos.

"Tomamos a decisão de não contratar como serviço, mas adquirir a solução como um todo, que será usada por mais de 100 órgãos públicos. Não podemos ser hipócritas, ou tapar o sol com apeneira, há uma baixa maturidade de muitos órgãos da administração pública na segurança da informação e não sou eu quem diz, mas o Tribunal de Contas da União", salientou Lima.

A LGPD só exige que se eleve, o quanto antes, a maturidade dos órgãos públicos com a segurança da informação e essa maturidade só virá se houver investimento em capacitação das equipes. Lima lembra ainda que as grandes bases de dados do Governo estão nas mãos de empresas públicas, como Serpro e Dataprev, que têm um arsenal e políticas de segurança instituídas para a proteção dos dados. Assistam a participação do coordenador geral de contratações de TICs do ministério da Economia, Sílvio Lima.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

Ransomware Sodin ataca vulnerabilidade desconhecida do Windows

Ransomware adota uma técnica chamada de 'Heaven's Gate', que permite um programa mal-intencionado executar código de 64 bits de um processo em execução de 32 bits, o que não é uma prática comum e mais incomum em ransomware, alerta a Kaspersky.

Governo do Rio contrata reconhecimento facial da Oi para o Maracanã

Solução -que permite localizar pessoas e veículos suspeitos e identificar padrões de comportamento e situações de riscos- será usada na partida final da Copa América 2019. Os dados coletados são de domínio do Governo do Rio de Janeiro. Os valores do acerto não foram revelados.

Quase 1000 brasileiros caem por hora em golpe do dinheiro fácil no WhatsApp

Ataque, que circula há sete dias, já atingiu 180 mil pessoas. Elas caem no golpe que promete liberar 13° salário para beneficiários do Bolsa Família.

Brasileiros têm pé atrás e classificam criptomoedas como 'moda que vai passar'

Estudo global da Kaspersky mostra o quanto a criptomoeda está distante de se tornar uma forma comum pde pagamento. Quase 40% dos brasileiros dizem que as criptomoedas são voláteis e não vão durar para sempre. Quase 20% dizem que as criptomoedas estão apenas 'na moda' e 3% admitiram já terem sido vítimas de fraudes.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G