SEGURANÇA

Hacker invade smartphone do ministro Sérgio Moro e usa WhatsApp e Telegram

Convergência Digital ... 05/06/2019 ... Convergência Digital

O ministro da Justiça, Sergio Moro, teve seu smartphone hackeado nesta terça-feira 04/06, de acordo com reportagem da Folha de S.Paulo. A Polícia Federal investiga o caso para buscar entender de onde o ataque hacker teve início.

A reportagem apura que o ministro recebeu uma ligação recebida por volta das 18h desta terça-feira, do seu próprio número, o que levantou um estranhamento. A invasão no celular de Moro teria durado seis horas e, segundo as informações divulgadas, aplicativos de mensagens — como WhatsApp e Telegram, por exemplo — foram utilizados. No caso de Moro, ele também foi informado de que estariam sendo trocadas mensagens em sua conta do Telegram. A invasão aconteceu durante entre 19h de terça e 1h desta quarta-feira, 05/06. A linha utilizada por Sergio Moro foi cancelada.

No começo de maio, a procuradora-geral da República, Raquel Dodge, determinou a instauração de um procedimento administrativo para acompanhar a apuração de tentativas de ataques cibernéticos a membros do Ministério Público Federal, sobretudo procuradores que integram a Força Tarefa Lava Jato no Rio de Janeiro e no Paraná.

As tentativas de ataques se tornaram objeto de procedimentos investigativos específicos nas respectivas unidades. No âmbito da PGR, foram determinadas providências a serem adotadas pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (STIC) no sentido de diagnosticar eventuais ataques e resolver o problema de forma definitiva. Uma das ações foi reforçar as orientações de medidas para ampliar a segurança dos aplicativos de mensagem como WhatsApp e Telegram nos celulares institucionais.


NEC - Conteúdo Patrocinado - Convergência Digital
Multibiometria: saiba como ela pode cuidar da sua segurança digital

Plataforma Super Resolution, que integra espaços físicos e digitais, será apresentada pela primeira vez no Brasil no Futurecom 2018. Um dos usuários da solução é o OCBC Bank, de Cingapura. A plataforma permite o reconhecimento instantâneo das pessoas à medida que se aproximem da agência.

TSE convoca profissionais de TI para testar segurança das urnas eletrônicas

Evento ocorrerá no período de 25 a 29 de novembro, na sede do TSE, em Brasília. Inscrições vão, agora, até o dia 22 de setembro.

Governo: LGPD vai reavaliar o uso e o tratamento de dados

Para o coordenador geral do Centro de Tratamento de Incidentes de Redes de Governo, major Democlydes Carvalho, assim como o trânsito se tornou mais civilizado com a regulação, o mesmo vai acontecer com a segurança de dados a partir da vigência da Lei de Dados Pessoais.

LGPD: 'Invistam o máximo possível capacitação", aconselha especialista

Para o diretor de governança do Imperial College de Londres, Okan Kibaroglu, organizações, públicas ou privadas, precisam de um despertar generalizado para a proteção de dados.

Pirataria do Windows e malware são os golpes mais usados no Brasil

Empresa de segurança Kaspersky informa que bloqueia 22 ataques por segundo no País. Dois entre três ataques usam a mesma vulnerabilidade do WannaCry.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G