GESTÃO

Governo apresenta plano de unificação de portais da internet para órgãos federais

Luís Osvaldo Grossmann ... 26/06/2019 ... Convergência Digital

Em reunião nesta quarta, 26/6, no Palácio do Planalto, o governo apresentou a responsáveis por conteúdos e serviços, assim como a equipes de TI, o plano de unificação dos portais da administração federal sob a única fachada do ‘Gov.br’. Além de alinhar metas e prazos com o previsto no Decreto 9.756/19, foram anunciadas as primeiras migrações. 

“Foi uma reunião para apresentar o projeto de unificação dos canais às assessorias de comunicação e ao pessoal do SISP. Foi a primeira que vez reunimos todos na mesma sala para tirar dúvidas. Estamos partindo para uma ferramenta central de gestão de conteúdo, ou nos casos em que não ocorra migração literal de infraestrutura, vamos fazer unificação pela identificação central do governo”, explica o diretor do Departamento de Experiência do Usuário de Serviços Públicos, Joelson Vellozo Jr. 

A primeira meta e prazo é a migração, até o fim de julho, dos portais Serviços.gov.br, Presidência.gov.br e Brasil.gov.br, que deixarão de existir e terão seus conteúdos incorporados pelo Gov.br. As URLs ainda deverão ser acessíveis por algum tempo, mas a tendência é de que acabem canceladas. Destino semelhante pretendido para os 1.594 sites do governo federal. O prazo final para a unificação é 31 de dezembro de 2020. 

Nas contas do governo, a medida vai reduzir custos com esses canais de R$ 140 milhões para R$ 30 milhões por ano. Mas a orientação principal da Secretaria de Governo Digital é que a unificação seja centrada na experiência do usuário. “Vai haver simplificação, vai haver redução de custos, mas o foco é facilitar o acesso aos conteúdos que o cidadão quer encontrar”, afirma Vellozo Jr. 


eSocial: infraestrutura precária; retrabalho e maquiagem de dados

Especialistas reclamam do portal do eSocial - que não suportava a demanda nos dias mais críticos; do retrabalho de enviar informações para vários sistemas, mas advertem: empresas podem aproveitar a transição para maquiarem seus dados.

Receita muda regras para declaração de criptomoedas

Fisco, agora, permitirá as pessoas físicas a enviarem os dados sem o uso do certificado digital. A prestação de algumas informações também foram adiadas para janeiro de 2020.

Portaria disciplina unificação de sites e aplicativos do governo

Autorização para endereços e apps é centralizada na Secretaria de Governo Digital. Continuidade de aplicativos depende de pesquisa de satisfação com usuários.  Migração completa tem prazo para acontecer até dezembro de 2020.

Receita Federal: Norma reduz de 30 para três dias ao atendimento digital

Instrução Normativa da Secretaria da Receita Federal compatibiliza a possibilidade de abertura de dossiê digital de atendimento através do Portal e-CAC com as rotinas de trabalho da área de atendimento.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G