Convergência Digital - Home

Salesforce: banco precisa destravar os dados para atender aos clientes

Convergência Digital
Ana Paula Lobo e Rafael Mariano - 13/06/2019

Os bancos precisam destravar os dados e modernizar seus legados para chegarem aos clientes, por exigência da revolução digital, que criou consumidores digitais, conectados e exigentes, diz o diretor de Marketing da Salesforce para a América Latina, Daniel Hoe.

Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o CIAB 2019, que aconteceu esta semana, em São Paulo, Hoe afirmou que colocar o cliente no centro dos negócios impôe uma mudança efetiva no atendimento. "Muitos dos jovens preferem as finteches porque elas são mais ágeis", observou. A expectativa do executivo é que, mais à frente, bancos e fintechs trabalhem de forma colaborativa em plataformas abertas de inovação. "O espanhol BBVA é um bom exemplo dessa ação conjunta", acrescentou.

Daniel Hoe sustentou ainda que o futuro passa pela inteligência aumentada, em que máquina e pessoa trabalham juntos. "Quando um humano lê simplesmente um script, ele está fazendo o trabalho de uma máquina e não de um humano capaz de interagir e trocar", afirmou o diretor da Salesforce. Assistam à entrevista.


Destaques
Destaques

Nutanix: hiperconvergência simplifica o modelo de serviço na nuvem

Para o diretor-geral da companhia no Brasil, Leonel Oliveira, boa parte das companhias nacionais ainda estuda sobre o uso da multicloud.

Grupo de Educação faz prova de conceito com virtualização de desktop

O Grupo Educacional Bom Jesus e a Universidade São Francisco adotou a Nutanix para dar mais segurança e disponibilidade no ambiente virtual de aprendizagem, diz o gerene de GTI do Grupo, Marcelo Augusto Bardi.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

As lições do buraco negro e da análise de dados às empresas

Por Paulo Watanave*

O fato é que por trás das aplicações e sistemas usados nas operações já existe um grande e variado conjunto de insights e algoritmos que podem ser usados para gerar valor real às organizações e para as pessoas de um modo geral. Estima-se que menos de 10% das companhias em todo o mundo tenham estratégias bem definidas para a utilização dos recursos digitais e das informações.

Edge Computing para acelerar os negócios das empresas brasileiras

Por Henrique Cecci*

O que é, afinal, Edge Computing? Trata-se da aplicação de soluções que facilitam o processamento de dados diretamente na fonte de geração de dados. No contexto da Internet das Coisas (IoT), por exemplo, as fontes de geração de dados geralmente são "coisas" com sensores ou dispositivos incorporados.


Copyright © 2005-2016 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site