Clicky

Convergência Digital - Home

XaaS: a nova forma de comprar nuvem e TI nos órgãos públicos

Convergência Digital
Convergência Digital - 31/03/2021

XaaS, ou anything as a service, é uma estratégia que abrange a aquisição de uma gama completa de serviços de negócios e TI por assinatura, e o Gartner projeta que o modelo responderá por 95% dos novos investimentos em TI nos órgãos públicos globais até 2025. A resposta à pandemia e a necessidade crítica de entrega de serviços digitais exacerbaram as pressões para modernizar aplicativos e infraestrutura legados. O XaaS, observa a consultoria, oferece uma alternativa para a modernização da infraestrutura legada, fornece escalabilidade e reduz o tempo de entrega de serviços digitais.

A análise do Gartner ponta que, assim como a pandemia testou os limites da resiliência tecnológica e poder de inovação das empresas, governos de todo o mundo precisaram gerir a crise em contextos ainda mais escalonáveis. Ao longo do último ano, surgiram novos desafios criados pela pandemia junto com a necessidade de modelos operacionais flexíveis que suportem interrupções significativas.

Com isso, também surgem novas tecnologias dispostas a abordar desafios do setor governamental impostos pela Covid, sobretudo relacionados às áreas de segurança, contenção de custos e experiência do cidadão. O relatório do Gartner sugere as dez principais tendências de tecnologia do governo para 2021 que têm o potencial de acelerar a inovação digital e otimizar ou transformar os serviços públicos, entre elas, XaaS, CMaaS, Analytics Operacionalizada e Segurança Adaptativa.

“A pandemia de Covid-19 estimulou a aceleração da inovação digital em todo o setor governamental, em todo o mundo, apresentando aos líderes governamentais novas oportunidades de usar dados e tecnologias para construir confiança, agilidade e resiliência em instituições públicas”, disse Rick Howard, Vice-Presidente de Pesquisa do Gartner. “Embora os desafios relacionados à pandemia continuem por algum tempo, surgiram tendências tecnológicas que abordam desafios críticos em áreas como segurança, contenção de custos e experiência do cidadão”, completou o analista.


LEIA TAMBÉM:
Destaques
Destaques

Multinuvem do Serpro vai concorrer com a do Ministério da Economia

Estruturada a parceria com AWS, Huawei e Azure, da Microsoft, estatal passa a disputar contratos com órgãos públicos, em briga direta com nuvem licitada e gerida pela Secretaria de Governo Digital.

Por que se tornar uma empresa data-driven?

Data-driven ou orientada a dados. É esse o novo lema das companhias que, cada vez mais, estão armazenando e analisando dados em busca de insights de negócios. Mas o que as empresas devem fazer para abraçarem os dados de forma a promover benefícios estruturais e longevos? A resposta não é simples.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Serviços SaaS, proteção de dados e a LGPD

Por Eder Miranda*

Ter um plano abrangente de proteção adicional de dados para as plataformas SaaS é vital para os negócios, uma vez que as empresas não podem abrir sem ter o controle sobre o que está sendo protegido e sobre a maneira como isso está sendo feito pelos fornecedores de software como serviço.

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site