14/04/2021 às 11:48
Carreira


Vivo antecipa pagamento, Vikstar paga parte do salário atrasado e TRTs assumem mediação
Ana Paula Lobo

A Vivo/Telefônica acertou o pagamento de R$ 3,85 milhões à operadora de telemarketing Vikstar para o acerto dos salários atrasados de cerca de 8 mil trabalhadores. O acordo foi firmado numa reunião nesta terça-feira, 13, onde a Vivo pediu uma garantia que o montante seria efetivamente usado para acertar a pendência salarial.

No Piauí, conta o presidente do Sindicato dos trabalhadores em telecomunicações do Piauí (Sinttel-PI) e da Federação interestadual dos trabalhadores e pesquisadores em serviços de telecomunicações (Fibratel), João Moura Neto, 60% foram pagos e os 40% restantes estão previstos para serem acertados nesta quarta-feira, 14.

"A Vikstar pagou o auxílio refeição e depositou os 60% do salário como o combinado. Para hoje, há o acerto dos 40% restantes. Acreditamos que o pagameneto será feito porque a Vivo sinalizou o interesse em acertar o quanto antes o pagamento dos trabalhadores", afirma João Moura Neto ao Convergência Digital. As partes têm ainda nesta quarta-feira, 14, uma audiência de conciliação no Tribunal Regional do Trabalho. A intenção é que Vikstar e Vivo se comprometam diante da Justiça em acertar todas as pendências trabalhistas.

"Temos de acertar o pagamento das verbas rescisórias e do passivo trabalhista, das ações já impetradas. Nós vamos apresentar o valor desse montante ao TRT. O contrato da Vikstar com a Vivo será válido até julho, mesmo já tendo sido rompido pela operadora e precisamos garantir que os salários seguirão sendo pagos e que todo o passivo trabalhista será acertado", reforçou João Moura Neto.


Powered by Publique!