Clicky

GOVERNO

BNDES vai pagar R$ 8 milhões para preparar a venda do Serpro e da Dataprev

Luís Osvaldo Grossmann ... 17/12/2020 ... Convergência Digital

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social, BNDES, divulgou os vencedores da concorrência para o contrato de elaboração da modelagem do processo de privatização do Serpro e da Dataprev. 

Do processo com quatro grupos interessados, venceu o consórcio ‘Dados BR’, formado pela Accenture do Brasil Ltda.; Machado, Meyer, Sendacz, Opice e Falcão Advogados; e Burson-Marsteller Limitada. O valor é de R$ 7,93 milhões. 

Formalmente, a contratação envolve “serviços necessários para a realização de estudo de mercado, diagnóstico setorial nacional e internacional, estudo regulatório, proposição de alternativas de desestatização, modelagem da desestatização e outros serviços profissionais especializados necessários à estruturação e à implementação dos processos de desestatização” das estatais de TI federais. 

Além do grupo vencedor, estavam na disputa três outros consórcios: 

EY/Madrona, formado pela Ernst & Young Assessoria Empresarial Ltda. e pela Madrona Advogados; Platinum, formado pelas empresas KPMG, Manesco, Viveiros e FCAM; e ainda o Novo Serpro/Dataprev, formado por Oliver Wyman, Terrafirma, Moysés & Pires e Leite Roston. 


Simples de março, abril e maio é prorrogado para segundo semestre

Recolhimento poderá ser feito a partir de julho, com opção de pagamento em duas parcelas. 

Transformação digital: Atenção do governo ao risco de digitalizar a burocracia

“A meta é digitalizar 100% dos serviços, mas o desafio é não fazer mera transposição do que existe para o digital”, afirma o secretário adjunto de governo digital, Ciro Avelino. 

Sobram candidatos e faltam cadeiras para TICs no Conselho Nacional de Proteção de Dados

Além de três das grandes entidades empresariais de tecnologia da informação, ABES, Assespro e Brasscom, os dois assentos setoriais são disputados pela Abert, Sebrae e bureaus de crédito. Pelo menos. 

Identidade Nacional vai funcionar como carteira digital

Governo e TSE formalizam acordo para fazer o Documento Nacional de Identificação (DNI) por meio da troca de dados.  A identidade digital será gerada por um aplicativo gratuito, que pode ser utilizado em smartphones e tablets com sistemas Android e iOS, a ser ofertado pelo governo federal.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G