Home - Convergência Digital

Empresa de TI faz entrevistas às cegas e usa IA para selecionar estagiário

Convergência Digital - Carreira
Convergência Digital* - 07/02/2019

A Oracle iniciou um novo programa de seleção, focado nas soft skills dos candidatos. Idealizado por um grupo multidisciplinar de cinco colaboradores brasileiros da Oracle, que tiveram a oportunidade de participar de edições anteriores dos programas de estágio e trainee (eTalent & Class of), o Generation Oracle tem como objetivo orientar e formar uma geração de profissionais do futuro: pessoas com excelentes qualidades humanas, capazes de tirar o melhor proveito da inovação e de transformar o mundo.

Para a Oracle, o programa é um estado de espírito, por isso o processo não é orientado por critérios tradicionais como idade, habilidades técnicas e fluência em línguas, sendo necessário apenas o conhecimento básico do idioma inglês. Para fazer parte do Generation Oracle, os interessados devem ter nível superior ou técnico, durante a duração do programa (de 13 a 18 meses). Além disso, é importante querer “transformar o mundo, empoderando as pessoas, por meio da inovação” (Propósito da Oracle na América Latina)
 
Para participar, o interessado tem de ter disponibilidade para trabalhar 35 horas por semana (ou equivalente à carga horária de estagiário), no escritório da Oracle em São Paulo.

Como funciona o programa Generation Oracle?

“Em nosso dia a dia na Oracle, acompanhamos diversas revoluções tecnológicas, que desafiam os sistemas econômicos tradicionais e passam a dar espaço a novas economias. Nesse contexto, nos deparamos com a necessidade também de uma (r)evolução humana. Por isso, nos reunimos e buscamos a mentoria de alguns executivos da empresa para criar o Generation Oracle, pois acreditamos que os profissionais do futuro destacam-se por serem humanos – por seus valores, habilidades comportamentais, consciência e compromisso em fazer um mundo melhor”, explica Lucas Leung, analista de Marketing e porta-voz do grupo que concebeu o novo programa.

Inspirados pelo que há de melhor nas experiências de estágio e de trainee da Oracle, em seus aprendizados e na visão crítica do mercado de trabalho atual, o grupo estruturou o Generation Oracle baseado em três pilares:

1) Novo processo de recrutamento;

2) Sólido programa de desenvolvimento de talentos;

3) Criação da comunidade Gen O.

A primeira etapa é marcada por entrevistas às cegas, repletas de soluções tecnológicas, como inteligência artificial, chatbots, experimentação de cloud (nuvem), o que garante diversidade em todos os aspectos e uma imersão no mundo da tecnologia. Uma vez selecionada, a pessoa começa sua jornada que durará de 13 a 18 meses. O primeiro mês, de “reconhecimento”, traz treinamentos corporativos e de habilidades-base, explorando a cultura Oracle. Entre o segundo e o 13º mês, há uma rotação pelas áreas, passando pelas estruturas principais da empresa: vendas, pré-vendas, marketing e comunicação, relacionamento com o cliente, além de consultoria, cidadania corporativa, laboratório de inovação, ecossistema de e startups etc.

A pessoa também receberá acompanhamento e será mentorada por uma comunidade formada por entusiastas do programa para dar todo suporte necessário, com possíveis visitas a outras subsidiárias e o desenvolvimento de plano de carreira. A partir do 14º mês, uma vez alocada na estrutura principal que mais tem a ver com ela, a pessoa irá desenvolver um projeto de intra-empreendedorismo junto à comunidade que a ajudou durante o programa, para também contribuir e orientar as futuras turmas do Generation Oracle.

Serviço

Período de inscrição: De 4 de fevereiro a 4 de março de 2019

Site para inscrições no Brasil: ora.cl/yi5fq

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

07/02/2019
Empresa de TI faz entrevistas às cegas e usa IA para selecionar estagiário

14/02/2017
Oracle retoma guerra com o Google por Java/Android

01/07/2016
Na guerra do Itanium, Justiça condena Oracle a pagar US$ 3 bi à HPE

28/01/2016
Oracle anuncia a morte do plugin da linguagem Java

22/01/2015
Oracle dará certificação gratuita em Java e Database 12c no Brasil

13/08/2013
Ellison, da Oracle, acusa rival Larry Page, de agir de 'forma maldosa'

05/03/2013
Oracle lança atualização urgente para Java

22/02/2013
Hackers transformam Java numa dor de cabeça para a Oracle

26/10/2012
Nova TI exige simplicidade e CEOs no centro das decisões

03/08/2012
SAP paga US$ 306 milhões para encerrar briga com Oracle

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

TICs vão demandar 700 mil novos profissionais na Indústria em cinco anos

Dados são do Mapa do Trabalho Industrial, feito pelo SENAI, que indicam ainda a urgência na qualificação de 10,5 milhões de trabalhadores em ocupações industriais por conta da indústria 4.0. Um dos especialistas em alta é o condutor de processos robotizados, com um incremento de 22% no número de vagas.

Dizer não é saudável para o ambiente de trabalho

A posição é defendida pelo diretor geral da Robert Half, Fernando Mantovani. Segundo ele, acumular tarefas e colocar prazos em conflito é um risco alto.

Técnicos são os que mais procuram especialização em Big Data

Cursos voltados para desenvolvimento Full Stack e Segurança Cibernética também são bastante demandados. No caso do big data, dos alunos formados nesta área, 45% possuem mais de 10 anos de experiência (sênior); 36% até nove anos (pleno) e 19% até três anos (recém-formados).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site