Home - Convergência Digital

Brasil termina 2018 com 4G em 56,6% dos celulares

Convergência Digital - Carreira
Luís Osvaldo Grossmann - 08/02/2019

A migração para serviços móveis de dados se consolidou em 2018, período no qual os celulares com 4G no Brasil passaram de 43% para 56,6%, em continuação ao movimento de redução dos múltiplos chips por usuário e a troca de planos pré para pós-pagos, puxados pelos chamados planos ‘controle’.

O ano terminou com 129,8 milhões de chips 4G ativos no universo total de 229,2 milhões de acessos móveis em serviço. Foram 27,6 milhões de novos chips, um crescimento significativo de 27%, ainda que abaixo do desempenho de 2016, quando mais que dobrou (para 60 milhões) e 2017, quando cresceu 70% (para 102 milhões).

Ou seja, o crescimento dos chips 4G (+27,6 milhões) foi maior que a redução no número de chips pré-pagos (-18,9 milhões) ao longo de 2018. Com essa transição, as linhas pós pagas já representam 43,49% do total. Ao mesmo tempo, caem as linhas com tecnologia 2G e 3G, que representam 38,7 milhões de acessos.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

10/09/2019
TIM dá mais franquia de dados para atrair clientes para o pré-pago

09/09/2019
Na América Latina, 33% da população ainda não têm acesso ao celular

05/09/2019
Quatorze milhões de novos celulares 4G foram ativados desde janeiro

02/09/2019
Vivo investe em redes 4G privativas para o mercado B2B

30/08/2019
Cobertura 4G rural: Vivo, Claro e TIM avançam. Oi, sem 700MHz, fica para trás

23/08/2019
América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

16/08/2019
Levantamento elege a rede da Vivo a melhor do Brasil

14/08/2019
Melhor horário para navegar no 4G é às 4 da manhã na América Latina

08/08/2019
Bloqueio à Huawei impacta venda de smartphones. Mercado só recupera com 5G

07/08/2019
No primeiro semestre, 47 novos celulares 4G foram ativados por minuto

Destaques
Destaques

América Latina tem menos de 20% de espectro disponível para novos serviços móveis

Mesmo o Brasil, que tem 609 MHz de espectro destinado aos serviços, fica bem abaixo dos 1960Mhz recomendados pela União Internacional das Telecomunicações (UIT) para 2020.

5G vai chegar a quase 60% da população em 2025

Tecnologia vai crescer muito mais rápido do que qualquer outra geração sem fio, revela estudo de megatências feito pela Huawei. O estudo também prevê que o volume anual de dados globais chegue a 180 ZB (1 ZB = 1 trilhão de GB).

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site