Home - Convergência Digital

3,5GHz é uma 'banda de ouro' para o 5G

Convergência Digital - Carreira
Por Roberta Prescott e Pedro Costa - 24/05/2019

O ecossistema para implantação da rede de quinta geração (5G) estará maduro muito rapidamente, mais cedo do que a expectativa, opinou Du Yeqing, vice-presidente para produtos 5G da Huawei, em entrevista à CDTV, durante o Painel Telebrasil 2019, realizado de 21 a 23 de maio, em Brasília.

A justificativa, explicou o VP da fabricante chinesa, está no fato de os grandes mercados grandes, entre eles a própria China, já estarem adotando comercialmente - mesmo que em piloto - o 5G. Uma das preocupações das prestadoras de serviços de telecomunicações com o ecossistema 5G é sobre o baixo número de terminais disponíveis para tecnologia, mas para Yeqing este não é um problema. "Estamos mais adiantados que no 4G", afirmou.

Na entrevista, o executivo também comentou acerca de patentes dos fabricantes e das faixas de frequências que estão sendo destinadas para o 5G. "Definitivamente, a Banda C será a principal e mais popular para 5G", afirmou, completando que as faixas de 2,6 GHz — até porque a China Mobile já assignou esta frequência — e a 3,5 GHZ deverão ser as "bandas de ouro de 5G". A faixa de 3,5GHz será uma das licitadas pela Anatel no leilão previsto para o primeiro trimestre de 2020.  Assistam a entrevista com Du Yeqing.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

17/06/2019
Banco do Brasil usa IoT na gestão dos ativos de terminais de autoatendimento

10/06/2019
Tratores autonômos são a realidade do agronegócio com o 5G

05/06/2019
5G e Internet das Coisas exigem um uso remodelado dos postes

30/05/2019
Telebrasil cobra votação urgente para o PLC 79/16

27/05/2019
Segurança cibernética é tecnológica, é política e é estratégica para um País

27/05/2019
Huawei: "Todos os sinais são que somos bem-vindos e apostamos no Brasil"

24/05/2019
3,5GHz é uma 'banda de ouro' para o 5G

24/05/2019
Qualcomm: Banda milimétrica exigirá que cada operadora tenha de 400 Mhz a 800 Mhz

24/05/2019
Huawei: São Francisco é um caso extremo no caso do reconhecimento facial

24/05/2019
Huawei: Brasil não está atrasado para o 5G

Destaques
Destaques

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

5G exige muito espectro para entregar tudo que se espera da tecnologia

Anatel, indústria e teles sustentam que a nova onda tecnológica só vai atender as demandas esperadas se tiver frequência suficiente para melhorar os serviços.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site