Home - Convergência Digital

Banco do Brasil usa IoT na gestão dos ativos de terminais de autoatendimento

Convergência Digital - Carreira
Por Carmen Nery e Pedro Costa - 17/06/2019

O Banco do Brasil estuda uma estratégia para implementação de aplicações de Internet das Coisas (IoT). Wagner Leão Costa Filho, gerente de Soluções da Diretoria de Tecnologia do BB, revelou no CIAB Febraban 2019, realizado de 11 a 13 de junho, em São Paulo, que o banco já vem utilizando IoT na gestão dos ativos de terminais de autoatendimento.

Mas ele ressaltou que IoT vem acompanhado de diversos casos de uso da indústria financeira, como agronegócio, crédito e seguros, áreas que ainda estão na etapa de pesquisa e desenvolvimento mas que o banco espera que tragam resultados em breve.

O Banco do Brasil é o maior financiador do crédito agrícola no País e estuda aplicações de telemetria e, principalmente, de análise de risco e ajuda ao produtor no monitoramento da sua safra. "É possível usar dados de clima para saber como será a produtividade da safra e minimizar o risco do produtor e, no caso dos bancos, acender um alerta de possível inadimplência. O IoT é importante para o agronegócio, mas ainda está em desenvolvimento. Boa parte dos dados a gente já possui, mas ainda há muito a evoluir no setor agrícola", ressalvou o gerente do BB.

O banco também realiza testes com os correntistas, numa aplicação em que o usuário clica no botão "Falar com o BB" e pode ter retorno de sua demanda por Whatsap ou chat. Costa Filho disse que os desafios da implementação de IoT na indústria financeira são os mesmos de toda tecnologia: segurança, privacidade e alto volume de dados. Mas ele reconheceu que a indústria de TI tem oferecido dispositivos cada vez mais seguros.

"Os casos de uso são diversos, temos muito o que explorar ainda, mas segurança e volume de dados são dois grandes desafios. Estamos tratando a privacidade, sempre associando o uso dos dados a alguma funcionalidade ou algum valor que entregamos ao nosso cliente." Assistam à entrevista com Wagner Leão Costa Filho, do BB.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/07/2019
Imposto zero para IoT está na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara

12/07/2019
Profissional do futuro é atento, curioso e despreza a zona de conforto

05/07/2019
BRF faz transformação digital e consumidor ganha voz de decisão

05/07/2019
DBServer: competitividade exige uma nova maneira de fazer software

04/07/2019
Guardião Cibernético testa reação a ataques contra redes de telecom

04/07/2019
Anatel usa simulação de ataque para incrementar regras de cibersegurança

03/07/2019
Bancos tradicionais sentem no bolso o impacto das fintechs e bancos digitais no crédito

02/07/2019
Natura avança para pagamento instantâneo atenta ao Open Banking

28/06/2019
BBTS cria plataforma com monitoramento, biometria, QR Code e reconhecimento facial

28/06/2019
Serviços de voz estão mais vivos do que nunca na jornada digital

Destaques
Destaques

Varejo x bancos: carteira digital vira superaplicativo

Superados os obstáculos iniciais, mercado não financeiro acelera estratégia para ficar com preferência dos consumidores.

Para injetar R$ 200 bilhões na economia, IoT tem de ficar livre das amarras tributárias

Relator da proposta de tributo zero para Internet das Coisas, deputado Eduardo Cury, do PSDB/SP, disse que o setor precisa municiar o Parlamento com dados para convencer à Casa a conceder a desoneração.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

O potencial pouco explorado da Internet das Coisas

Por Daniel Kriger*

A grande mudança que a Internet das Coisas (IoT – Internet of Things) trará para a vida das pessoas está além da facilidade de se preparar um café, programar um banho quente ou economizar na conta de luz. Dar conectividade a objetos e abrir espaço para comandos inteligentes em inúmeras tarefas do dia a dia é um dos principais propósitos de IoT. Mas não é só isso.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site