Home - Convergência Digital
Veja mais
Veja mais

Kleber Wedemann e Thais Cerioni são promovidos no marketing do SAS

Da redação - 05/04/2021

O SAS, especializado em analytics, está reestruturando a sua área de marketing na América Latina com o objetivo de suportar uma série de mudanças que a companhia vem promovendo na sua estrutura global de negócios. O foco é integrar a região com a operação norte-americana, de modo a aproximar mais as regiões - especialmente em verticais estratégicas da organização -, permitindo melhor aproveitamento de sinergias.

Com as mudanças, Kleber Wedemann, diretor de Marketing do SAS para América Latina, passa a responder também pelas verticais de telecomunicações, tecnologia e mídia e pelos negócios destinados ao segmento de pequenas e médias empresas (SMB, na sigla em inglês) nos Estados Unidos. Com a ampliação do escopo de Wedemann, Thais Cerioni, então PR and Communications Manager da empresa para o Cone Sul, assume também como head de Marketing do SAS Brasil, mantendo as suas atribuições anteriores.

A Go-To-Market Manager do SAS para América Latina, Simone Bervig, também teve suas responsabilidades expandidas para os setores de telecomunicações, tecnologia e mídia e SMB nos Estados Unidos. As mudanças são uma evolução natural da área, que vem atingindo os resultados projetados, e acompanhando a estratégia da companhia em alinhar e aproveitar as sinergias entre as operações lideradas pelo vice-presidente do SAS, Marvio Portela.

A reestruturação também prevê a criação de novas posições, tanto na área de marketing do SAS no Brasil quanto na operação de telecomunicações e SMB nos Estados Unidos. "O time de marketing da América Latina apresentou resultados excepcionais nos últimos anos, e somos conhecidos em todo o SAS por nossa entrega ágil, bem como nosso estreito alinhamento com as vendas. Por isso, vejo essas mudanças como resultado de uma construção em equipe", explica Wedemann.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

26/04/2021
EdTech oferta aulas gratuitas sobre ciência de dados

05/04/2021
Kleber Wedemann e Thais Cerioni são promovidos no marketing do SAS

01/04/2021
Marvio Portela assume vice-presidência sênior Global do SAS

03/03/2021
Stone promove desafio de Data Science para capacitar profissionais

11/01/2021
Analytics será decisivo para comprovar eficácia da vacina contra Covid-19

18/12/2020
Agência Zmes: ciência de dados une tecnologia, negócio e marketing

14/12/2020
Ciência de dados para quem precisa de oportunidade

11/12/2020
Quer ser um cientista de dados? Especializa-se!

23/11/2020
Diversidade e Ciência de Dados: um desafio ao Brasil

16/11/2020
Ciência de dados cada vez mais na sala de aula

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Trabalho híbrido, cloud, segurança, 5G: como fica o mercado de TI no Brasil?

Por Mauricio Suga*

A pandemia da Covid-19 e as mudanças decorrentes dela foram grandes aceleradores da transformação digital, tanto no Brasil quanto a nível mundial. Mudamos a maneira como trabalhamos e entendemos o local de trabalho, como gerimos e nos relacionamos com equipes e, também, revisitamos as prioridades de investimentos organizacionais, sejam elas de curto ou longo prazo.

Destaques
Destaques

MP do Governo muda as regras para teletrabalho

A MP 1046/2021 diz que a infraestrutura necessária para a prestação do trabalho remoto tem de estar em contrato firmado previamente ou em até 30 dias depois da mudança do regime de trabalho.

Governo reedita redução de jornadas de trabalho e suspensão de contratos por conta da Covid-19

Programa passa a ter validade a partir desta quarta-feira, 28 de abril e terá validade de 120 dias.Trabalhador que for inserido no programa terá estabilidade de até seis meses.

TIC incorporou 59 mil novos profissionais e gerou 1,62 milhão de empregos em 2020

Apesar da adversidade econômica e social com a Covid-19, TIC manteve a empregabilidade em alta. "Respondemos à desoneração da folha de pagamentos cumprindo o que nos cabia. Gerar empregos", afirmou o presidente-executivo da Brasscom, Sergio Paulo Gallindo.

TST diz que celular, notebook e veículo fornecidos não integram salário

Equipamentos fornecidos para a realização do trabalho não configuram o chamado salário in natura, ainda que também sejam utilizados para fins particulares.

Trabalhador que recusar vacina pode ser demitido por justa causa

Orientação é do Ministério Público do Trabalho.“Todos temos amigos e parentes que recebem diariamente fake news sobre vacinas. O primeiro papel do empregador é trabalhar com informação para os empregados”, diz o procurador-geral do MPT, Alberto Balazeiro.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site