Home - Convergência Digital

Ser humano faz a Aura,da Vivo, ser uma IA diferente

Convergência Digital - Carreira
Ana Paula Lobo e Fábio dos Santos - 07/11/2019

O grande diferencial da Aura, a Inteligência Artificial da Vivo, é ela ser treinada por seres humanos, observa o VP de Dados e Inteligência Artificial, Luiz Eduardo Medici. Hoje a Aura - que já faz mais de 20 milhões de atendimentos por mês -tem papel estratégico para destravar o grande gargalo no setor: aperfeiçoar o atendimento ao cliente.

"O nosso centro de treinamento de robôs transformou o atendente de call center em um treinador de robôs. São os humanos que dão as diretrizes à Aura e é esse modelo que nos permite unificar o atendimento independente do perfil de consumo do cliente na Vivo", conta Medici, em entrevista à CDTV, do Convergência Digital, durante a Futurecom 2019, que aconteceu de 28 a 31 de outubro, em São Paulo.

Medici conta que a Aura hoje já atende 40% de todas as demandas dos clientes e, em 2020, a meta é chegar a 80% e o grande desafio será incluir a contextualização do cliente no atendimento. "É tornar o atendimento ainda mais personalizado", reforça o executivo. Um dos canais que mais cresce com a Aura é o atendimento nos parceiros, entre eles, no WhatsApp. Assista a entrevista com o VP de Dados e IA da Vivo, Luiz Eduardo Medici.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

12/02/2020
Autor da nova Lei das teles lidera entidade para brigar por banda larga

12/02/2020
Centros de Inteligência Artificial podem capturar R$ 1 milhão da FAPESP

05/02/2020
Softex seleciona projetos de inteligência artificial para aportes de R$ 250 mil

04/02/2020
Inteligência Artificial: ame ou odeie, ela mudou a regra do jogo

30/01/2020
99 investe em inteligência artificial no Brasil

28/01/2020
MCTIC prorroga consulta sobre inteligência artificial

17/01/2020
Europa pode banir por 5 anos reconhecimento facial

07/01/2020
Inteligência Artificial chega à grade do ensino técnico no País

17/12/2019
Inteligência Artificial tem de ser obrigatória no ‘vestibular’ japonês

12/12/2019
TIM contrata IBM e Capgemini e une nuvem e inteligência artificial

Veja mais artigos
Veja mais artigos

A urgência de cultivar talentos para TIC no Brasil e no mundo

Por Breno Santos*

A transformação digital ainda é um desafio para muitas empresas no Brasil e a aplicação estratégica das novas soluções deve acontecer por meio de equipamentos e mão de obra qualificada.

Destaques
Destaques

Faltam profissionais para cuidar dos ataques cibernéticos no Brasil

Ao publicar a Estratégia Nacional de Segurança da Informação, a e-ciber, o governo admite que o País possui poucos profissionais especializados em segurança cibernética; que há uma baixa conscientização dos usuários com relação ao tema e que é preciso urgente criar um programa nacional destinado à formação técnica nos órgãos do governo e nas empresas privadas.

TI e Internet lideram 13 dos 15 cargos profissionais em alta no Brasil

Levantamento feito pelo Linkedin mostra que gestor de redes sociais, engenheiro de cibersegurança, cientistas de dados e desenvolvedores seguem tendo alta demanda no mercado.

Déficit de mão de obra na América Latina será de 570 mil profissionais em 2020

Empresas da região vão investir nas tecnologias da terceira plataforma - cloud, analytics, Inteligência Artificial - e vão requisitar cada vez mais especialistas em programação e desenvolvimento, projeta estudo da IDC América Latina.

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Copyright © 2005-2015 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site