12/02/2021 às 11:12
Inclusão Digital


Internet no Brasil vive uma onda de impunidade e agressividade
Ana Paula Lobo e Pedro Costa

Apresentadora gamer há sete anos e maior host de eSports da América Latina e terceira maior do mundo, Nyvi Estephan, admite: a Internet vive uma onda de impunidade e as pessoas estão ficando extremamente agressivas. Segundo ela, que participou do DISI 21, realizado pela RNP- Rede Nacional de Pesquisa, combater a toxicidade da Internet é crucial.

"Você aprende na vida que se der um soco na cara de um colega na escola, vai levar outro ou será punido. Mas as pessoas acham que podem ofender e ameaçar na Internet que não vão ser punidas e isso está chegando às crianças e aos adolescentes. O problema é que o discurso de ódio é crime cibernético e tem punição sim. Ofender não é normal e eu sempre falo sobre isso no meu universo de jogos online. Perder frustra, irrita, mas é da vida", conta Nyvi Estephan.

Para a youtuber só há uma saída para reduzir a toxicidade da Internet: a conscientização. Nyvi Estephan faz uma advertência aos pais afirmando que é preciso ensinar aos filhos as regras do jogo. "Se a criança comete um crime cibernético, são os pais que vão ser responsabilizados. O controle é absolutamente necessário", reforça.

Mesmo mostrando o lado mais sombrio da Web, Nyvi Estephan faz questão de dizer que os games trazem muitos benefícios às crianças, uma vez que os jogos online ensinam a lidar com as frustrações e exigem raciocínio lógico que outras atividades não trabalham. "Em um país onde boa parte da população não tem um ensino de qualidade, os games têm benefícios óbvios e coibir o acesso a eles é muito pior". Assistam a entrevista com a youtuber Nyvi Estephan.


Powered by Publique!