Clicky

GOVERNO » Política Industrial

Governo promete nova Emenda Constitucional para Lei de Informática

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/03/2021 ... Convergência Digital

Depois da nota do Ministério da Economia que prometeu preservar a Lei de Informática dos cortes sobre incentivos fiscais, como previsto na PEC 186/19, o governo indicou que vai dar a essa legislação o mesmo status constitucional que protege o Polo Industrial de Manaus. O movimento busca garantir apoio para evitar mudanças além das combinadas na PEC Emergencial. 

“Estamos hoje construindo a votação do segundo turno da PEC Emergencial e no acordo de hoje está, além dos destaques que foram anotados para dar progressão a todos os servidores públicos, também está um acordo no sentido de que a Lei da Informática virá no plano de redução de incentivos fiscais, previstos na PEC, que a Lei da Informática será preservada integralmente. Não haverá alteração, o plano trará a Lei de Informática integralmente”, afirmou o líder do governo na Câmara, Ricardo Barros (PP-PR), durante a votação, nesta quinta, 11/3, da PEC em segundo turno. 

Adicionalmente, o líder do governo prometeu incluir os benefícios da Lei de Informática na Constituição. “Como a Zona Franca de Manaus ficou preservada no texto da PEC, portanto o incentivo fiscal de Manaus tem status constitucional, nós nos comprometemos a fazer uma nova emenda constitucional que trará os incentivos da Lei de Informática o mesmo nível hierárquico em que está a Zona Franca de Manaus.”

Como completou, “isso traz segurança jurídica para todos que investem nesse setor. E o Brasil é competitivo. É o segundo maior produtos de smartphones, tablets e computadores depois da China. A Lei de Informática é muito importante para o Brasil e vamos preservá-la.”

O primeiro-vice-presidente da Câmara, Marcelo Ramos (PL-AM), afirmou que o acordo para preservar os incentivos da Lei de informática tem o apoio da Bancada do Amazonas. "Nós seríamos beneficiados por que a Zona Franca de Manaus atrairia investimentos, com perdas para Pernambuco, São Paulo, Minas Gerais e outros estados. Mas firmamos um pacto de equilíbrio entre as duas leis, da Zona Franca e de Informática", disse.


LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.

Estados e municípios vão ficar com US$ 1 bilhão do BID para digitalização

Ao Convergência Digital, o secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro, assegura: “Impacto na economia vai chegar a R$ 100 bilhões."

Deputados aprovam urgência para o PL de privatização dos Correios

União teria a obrigação de  prover o serviço postal universal, que inclui encomendas simples, cartas e telegramas. Todos os outros produtos poderão, se o PL 591/21 for de fato aprovado no Congresso Nacional, serem repassados à iniciativa privada.

Ministério da Justiça exige cadastro de redes sociais no Consumidor.gov.br

Nova portaria da Secretaria Nacional do Consumidor amplia o rol de empresas que devem fazer parte do portal de mediação online de atendimento aos consumidores. 



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G