GOVERNO

Reforma Tributária só acontece se for 'fatiada' com governo à frente

Ana Paula Lobo e Pedro Costa ... 29/04/2019 ... Convergência Digital

Uma reforma tributária apenas no âmbito do governo federal é plausível e pode ser aprovada ainda este ano, sustentou o deputado Luis Miranda (DEM/DF), que é presidente da Frente Parlamentar Mista da Reforma Tributária. Em entrevista à CDTV, do portal Convergência Digital, durante o Brasscom TecFórum, realizado nos dias 24 e 25 de abril, em Brasília, o parlamentar diz que é inviável pensar que será possível ter uma mudança tributária nacional.

"Defendo uma reforma tributária federal, que é positiva, ao contrário da reforma da previdência, que é necessária, mas muito negativa. Se fizermos a reforma, com um imposto único, diferente do que se tem pregado nos últimos anos, podemos avançar ainda este ano. Mas se juntar Estados e municípios, ela não vai acontecer", pontuou o parlamentar.

Indagado sobre as empresas de TICs, Luis Miranda diz que o setor é penalizado com uma carga tributária disfuncional e injusta. "A bitributação é absurda. Por isso não avançamos e perdemos os nossos gênios para o exterior. Além disso Tecnologia está pagando impostos por outros setores, beneficiados por incentivos fiscais e que não produzem tanto para o País", assinala. Assistam a entrevista com o deputado Luis Miranda, do DEM/DF.


Revista do 62º Painel Telebrasil 2018
Veja a revista do 62º Painel Telebrasil 2018 Brasil Digital: O futuro é agora - é o tema da revista do Painel Telebrasil 2018.
Edição, com 104 páginas, consolida os debates realizados no evento, que reuniu a indústria de Telecomunicações.
Clique aqui para ver outras edições

MP entra com pedido para TCU fiscalizar terceirizações no Governo Federal

Subprocurador-geral, Lucas Rocha Furtado, diz que as terceirizações são uma forma de driblar a obrigatoriedade de concurso público, previsto na Constituição. Também alega que as terceirizações estão sendo feitas para 'satisfação de interesses pessoais', mediante direcionamento na indicação de profissionais.

MCTIC vai cruzar dados com a Receita em novo formulário da Lei do Bem

Segundo a diretoria de apoio à inovação da pasta, foco do novo FORMP&D é a segurança. “Ideia é assegurar que quem está prestando os registros são os representantes dessas empresas”, diz a diretora Adriana Martin.

Serpro e Dataprev unificam mais de 22 milhões de contas de brasileiros

Usuários, agora, terão um único login para acessar a plataforma gov.br e as mais de 80 soluções disponíveis de governo digital, entre elas, INSS e ComprasNet. Acesso ao portal poderá ser feito por CPF, senha e certificado digital A3, que serve para pessoas físicas e jurídicas.

Operações com criptomoedas terão que ser informadas à Receita

Nova instrução normativa da Receita exige informações quando as operações com ‘criptoativos’ ultrapassarem os R$ 30 mil mensais. No valor  de mercado desta terça-feira, 07/05, um bitcoin vale US$ 5.940,00, ou R$ 23.760. Ou seja, brasileiro com 2 bitcoins terá de prestar contas com o Fisco.



  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G