Home - Convergência Digital

Mulheres buscam certificação para serem as guardiãs dos dados com a LGPD

Convergência Digital - Carreira
Da redação - 23/08/2019

Uma das funções mais disputadas do mercado de TI no Brasil a partir de agora, o Data Protection Officer, o guardião dos dados corporativos, está atraindo as mulheres, revela a VP de Articulação Política da Federação Assespro, Leticia Batistela. A Assespro Rio Grande do Sul, onde atua, conduziu um piloto de certificação de DPOs e houve uma boa procura por parte das mulheres. "Temos também instrutoras mulheres. Isso é muito bom porque é uma área que é multidisciplinar", pontou.

O bom ou a boa DPO terá de ter noções não apenas de administração de empresas ou ser uma cientista de dados. Ela terá de entender disciplinas de Humanas e Exatas ao mesmo tempo, e, dependendo do projeto, misturam a necessidade também de disciplinas Biológicas. São os chamados profissionais híbridos e que vão ser responsáveis pelos dados das corporações com a vigência da Lei Geral de Proteção de Dados Pessoais, que entra em vigor no segundo semestre de 2020.

Com relação à atração das jovens e das meninas para a TI, Leticia Sabatela diz que a inspiração faz a diferença. "Temos de inspirar as meninas a fazer TI. Ela tem de se enxergar em um cargo de chefia, programando um software". Leticia Sabatela participou do MyINova Summit 2019, realizado em Curitiba. Assistam a entrevista.

Enviar por e-mail   ...   Versão para impressão:
 

LEIA TAMBÉM:

16/10/2019
Falta estratégia no Brasil para qualificar pessoas em Tecnologia

15/10/2019
Desconexão entre Academia, governo e empresas trava inovação no Brasil

08/10/2019
IBM: Multicloud híbrida é um ativo para a transformação digital

08/10/2019
Cobol, C e Assembler: Linguagens de programação mais vivas do que nunca

07/10/2019
Clientes não querem reescrever aplicações ao migrar para nuvem

07/10/2019
Storage é o 'coração' da convivência entre o mainframe e a nuvem

24/09/2019
Boa parte dos jovens profissionais de TI está deixando o Brasil

24/09/2019
TelComp: preservar a concorrência é obrigação do novo Marco de Telecom

23/09/2019
Rio Info Academy vira plataforma das profissões do futuro

20/09/2019
Brasil precisa agir o quanto antes para reter os talentos de IA e ciência de dados

Destaques
Destaques

5G chegará a 75 milhões de conexões na América Latina até 2023

Até lá, a tecnologia LTE segue com um crescimento considerável. Em junho foram 4,7 bilhões de conexões, ou 53% de todas as conexões celulares no mundo, revela a 5G Americas.

TVs defendem migração da banda C para Ku e calculam custo em R$ 2,9 bilhões

Abratel, que representa Record e Rede TV!, apresentou formalmente à Anatel uma proposta de migração das transmissões como forma de evitar a interferência do uso da faixa de 2,5 GHz nas antenas parabólicas.  

Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV
Veja mais artigos
Veja mais artigos

Carro autônomo: decisões baseadas em dados vão evitar acidentes?

Por Rogério Borili *

O grande debate é que a inteligência dos robôs precisa ser programada e, embora tecnologias como o machine learning permitam o aprendizado, é preciso que um fato ocorra para que a máquina armazene aquela informação daquela maneira, ou seja, primeiro se paga o preço e depois gerencia os danos.


Copyright © 2005-2019 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site