GESTÃO

Compras públicas federais bateram R$ 46 bilhões em 2019

Convergência Digital* ... 15/01/2020 ... Convergência Digital

O Ministério da Economia lançou nesta quarta, 15/1, a nova versão do Painel de Compras , plataforma que divulga informações sobre as contratações do governo federal e permite o acompanhamento do processo de aquisição. Segundo o painel, foram realizados cerca de 80 mil processos de compras de bens e serviços no governo federal em 2019. Até o momento, essas contratações resultaram em um valor homologado de R$ 46 bilhões entre janeiro e o início de dezembro de 2019. 

O resultado de 2019 demonstra que 42.345 fornecedores tiveram licitações homologadas, totalizando um valor de R$ 27,8 bilhões para este grupo de empresários, ou seja, cerca de 60%. Estas compras dizem respeito aos órgãos da administração pública federal direta, autárquica e fundacional – conhecidos como “Órgãos SISG”. 

Uma das novidades do Painel é a divulgação do Plano Anual de Compras dos órgãos federais. Para 2020, foi planejada a contratação de 956.707 itens, como materiais, obras, serviços de engenharia e soluções de Tecnologia da Informação e Comunicação (TIC). 

 “A organização das informações em um plano de compras permite aos órgãos e entidades o aperfeiçoamento da governança e gestão de suas futuras contratações, possibilitando a melhoria dos resultados esperados das contratações”, explicou o secretário de Gestão, Cristiano Heckert, durante o lançamento das novas funcionalidades. 

No Painel de Compras, é possível pesquisar quantidades e valores de processos de compra por item, tipo, órgão, modalidade de licitação, fornecedores, dentre outros. O usuário pode personalizar a consulta, selecionando parâmetros disponíveis ou clicando diretamente nos gráficos. Além dos dados do governo federal, é possível pesquisar também por compras de estados e municípios que utilizam o Comprasnet.

* Com informações do Ministério da Economia


Carreira
NIC.br vai capacitar profissionais de provedores de Internet e administradores de redes

Curso será em Campinas no mês de março. Na grade, tmas como segurança e implementação de redes como RPKI (Resource Public Key Infraestructure), Segurança, DNS, MPLS, BGP, IPv6 e Governança da Internet. Inscrições estão abertas.

eSocial: Alterações relativas à contribuição previdenciária estão no ambiente de testes

O comitê do eSocialdiz que para permitir que empregadores e desenvolvedores façam testes foram estabelecidas datas fictícias relativas às faixas de salário de contribuição.

Aplicativo do governo mostra devedores da União e FGTS

Batizado ‘Dívida Aberta’, app para celulares e tablets permite consulta por nome, CPF ou CNPJ, ou mesmo pelo mapa do Brasil. 

Secretário de Desestatização acusa Serpro e Dataprev de venderem dados pessoais

"Se fosse (empresa) privada não aconteceria", alegou o Secretário de Desestatização do Governo Bolsonaro, Salim Mattar, em entrevista à radio Gaúcha. Fenadados promete processar Mattar por calúnia.

Empresas de software reagem a novo imposto no Rio de Janeiro

Tributo, oriundo do Fundo Orçamentário Temporário (FOT), passaria a valer a partir de 01 de janeiro, mas liminar, concedida à FIRJAN, adiou a cobrança para março. "Legislação é inconstitucional e vamos reagir", diz o presidente do TI Rio, Benito Paret.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G