Clicky

INCLUSÃO DIGITAL

Coalizão comemora proposta da Anatel que destina faixa de 6 GHz para WiFi

Luís Osvaldo Grossmann ... 18/12/2020 ... Convergência Digital

Em carta enviada ao Conselho Diretor da Anatel, a Coalizão WiFi6E Brasil, que reúne pequenas e grandes empresas, entidades e mesmo operadoras, como a Oi, celebraram a decisão da agência de indicar que a faixa de 6 GHz – entre 5,925 GHz e 7,125 GHz – será totalmente destinada a uso não licenciado, como os sistemas WiFi. A sugestão está em consulta pública. 

“O uso não licenciado da faixa de 6 GHz possibilitará a massificação da conectividade em banda larga e a democratização do acesso à Internet no Brasil, especialmente por meio da atuação dos provedores de Internet de pequeno porte”, diz a carta da Coalizão, que reúne 21 entidades, que representam 1,5 mil empresas, como Abranet, Abrint, Oi, Amazon, Apple, Facebook, Google, Internetsul e Qualcomm, além da Coalizão Direitos na Rede. 

Além do ganho social em um país onde o WiFi é a principal forma de conexão à internet – usadas em 75% do tempo que alguém está na rede, mesmo que por meio de aparelhos celulares – os números sugerem também ganhos econômicos para o país. 

“O valor econômico acumulado entre 2020 e 2030 associado à destinação de 1200 MHz na banda de 6 GHz para US$ 112,14 bilhões [cerca de R$ 570 bilhões] em contribuição para o PIB; US$ 30,03 bilhões [R$ 150 bilhões] em superávit do produtor para as empresas brasileiras; e US$ 21,19 bilhões [R$ 100 bilhões] em superávit do consumidor à população brasileira, a partir de 2021”, lembra a Coalizão no documento encaminhado à Anatel. 

Um dos pontos favoráveis à destinação da faixa para aplicações não licenciadas é o impacto imediato caso a decisão seja confirmada pelo órgão regulador. Como lembram empresas e entidades, “já há empresas fabricando equipamentos WiFi6 no Brasil, e tão logo o WiFi6E seja liberado, eles entrarão na linha de produção”.


Carreira
Hospital Sírio-Libanês abre processo seletivo para Programa de estágio em tecnologia

Os estudantes interessados podem se inscrever para a jornada de seleção, que inclui teste, entrevista online e terá, como etapa final, um Hackathon, em parceria com o Centro Universitário FIAP.São oito vagas disponíveis.

Toxicidade da Internet: seu filho pode não ser a vítima, mas o agressor

"Tem uma série de regras de educação, valores da família, formas de se comportar que não valem só para o jogo, para a rede social, valem para a vida”, diz a professora e psicoterapeuta, Ivelise Fortim.

Cert.br: Pais aprendam com as crianças a fazer uma Internet Segura

"Vamos ouvir mais do que falar. Os pais precisam fazer os filhos falarem como atuam na Internet. É uma aprendizagem mútua e necessária", recomenda a analista de segurança Miriam von Zuben. 

Mais de 70% das escolas no Brasil assumem casos de cyberbullying

É imperativo que se trate a Internet como um lugar real e que se responsabilize as pessoas pelos seus atos para evitar os ataques, observou a especialista em comportamento e psicopedagoga Érica Alvim.

Internet está longe de ser ruim para crianças e adolescentes

"Há milhares de aplicações positivas na Internet. O segredo é educar e conscientizar", sustenta o gerente de segurança do CAIS/RNP, Edilson Lima.

Internet Segura: Diálogo é a vacina dos pais contra ameaças virtuais às crianças

Em sua 15ª edição, o Dia Internacional de Segurança em Informática, promovido pela RNP, discutiu como a prevenção é fundamental em tempos de crianças e adolescentes hiperconectados.

Brasil é um dos países mais agressivos na Internet

País é o 25º em 32 países analisados em estudo produzido pela Microsoft. Por aqui, 41% acham que ataques e desinformações cresceram com a pandemia, enquanto 26% apontam que atitudes melhoraram. 



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G