Clicky

Governo de MG aumenta participação na Datora e injeta mais R$ 47 milhões

Luís Osvaldo Grossmann ... 02/04/2019 ... Convergência Digital

Três anos depois de comprar 45% da Datora Mobile, a Companhia de Desenvolvimento Econômico de Minas Gerais, por meio da Codepar, dobra a aposta e vai injetar mais R$ 47 milhões, desta vez para adquirir 25% da Datora Participações – que detém tanto a Datora Mobile como a Datora Telecom.

“A Datora Participações deixará de ser detida exclusivamente pela Chaicomm Services Holding Ltda., a qual diminuirá sua participação no capital social de 100% para 75%. Por outro lado, a Codepar deixará de ser acionista controladora tão somente da Datora Mobile, mas também da Datora Telecom, uma vez que passará a deter 25% de participação no capital social votante da Datora Participações que, por sua vez, detém 100% do capital social votante da Datora Telecom e da Datora Mobile”, resume a Anatel.

Em 2016, a mesma Codepar aportara R$ 52 milhões para adquirir 45% da Datora Mobile. O novo investimento, a ser revertido para a “expansão dos negócios de telecomunicações das prestadoras”, tem foco no mercado de internet das coisas, conforme justificou o grupo à agência reguladora.

Nas palavras do grupo, o aporte visa a “melhoria operacional e econômica por parte das empresas do Grupo Datora, fortalecendo-as diante do crescimento de demandas de Internet of Things (IOT) em pequenas cidades do Brasil utilizando tecnologia ‘5G’ e da digitalização de mercados”.

A anuência para o negócio foi publicada nesta terça-feira, 2/4, no Diário Oficial da União. E mais uma vez alude a uma interpretação que permite o movimento acionário apesar de o governo de Minas Gerais também ser dono da Rádio Inconfidência. Para a Anatel, no entanto, o negócio não viola a Lei do Seac porque a rádio é uma entidade sem fins lucrativos.


Internet Móvel 3G 4G
América Latina se divide sobre uso de ondas milimétricas

Debate com representantes do México, Colômbia, Costa Rica, El Salvador, Argentina e Brasil mostrou que bandas altas no 5G, como 26 GHz, está longe de unanimidade na região.  Colômbia, que prevê leilão 5G no final do ano, não planeja vender a faixa de 26GHz.

Wi-Fi 6E Brasil 2021 - Cobertura especial - Editora ConvergenciaDigital

Wi-Fi 6E: o futuro da infraestrutura do Wi-Fi

As faixas de 2,4 GHz e de 5 GHz estão congestionadas no Brasil e torna-se urgente ter mais frequência por mais capacidade e eficiência, afirma o chefe de Tecnologia da CommScope para Caribe e América Latina, Hugo Ramos.

Veja mais matérias deste especial

Por casa conectada, Vivo negocia opção de ser acionista minoritária na CDF

A CDF é um marketplace de solulções de assistência residencial e tecnológica e que já é parceira na oferta do Vivo Guru. Os novos serviços serão lançados em breve, mas um deles será voltado para a instalação e  configuração de dispositivos inteligentes.

Huawei: é cedo para dizer quem está dentro ou fora da rede privada do governo

“Existe uma portaria, mas os requisitos ainda não estão completamente claros”, afirma o diretor de cibersegurança da fabricante chinesa, Marcelo Motta.

Oi entra na briga pela fibra ótica em São Paulo

Companhia diz que os pilotos comercial e de rede estão acontecendo e o lançamento ao mercado será no segundo trimestre (abril a junho) para os mercados B2C e B2B. A Oi vai usar 5,2 mil Km de rede própria oriundas da compra da MetroRed e da Pegasus no passado.

Brasileiro retorna ao pré-pago e sonha com superaplicativo

O brasileiro diz que o pré-pago oferece maior flexibilidade de uso, de acordo com pesquisa global feita pela Ding. O estudo também mostra que os brasileiros querem um superaplicativo que combine mensagens instantâneas com mídia social, varejo e serviços.




  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G