Clicky

NEGÓCIOS

Assespro pede alternativas para TI na reforma tributária

Luís Osvaldo Grossmann ... 11/03/2020 ... Convergência Digital

A Assespro Nacional disparou nesta quarta, 11/3, uma mobilização junto a parlamentares para defender ajustes na proposta de reforma tributária nos termos da PEC 45/19. Como ressalta a entidade, a unificação dos tributos no novo IBS, Imposto sobre Bens e Serviços, com adoção de uma alíquota única de 25% representa um aumento de 189% na carga tributária das empresas de TI. 

“Como a maioria das empresas paga ISS e PIS/Cofins, ir para 25% é um salto muito grande, especialmente para um setor no qual o principal insumo é a mão de obra, que não tem direito a créditos como acontece com os insumos da produção industrial, por exemplo”, destaca o vice presidente de comunicação da entidade, Victor Coachella. 

“O setor de TI é formado principalmente por pequenas empresas, que não são beneficiadas por créditos quando fornecem serviço para outras empresas. Se houvesse um crédito sobre a folha de pagamento, por exemplo, já representaria um alívio para essa majoração”, insiste. Outra alternativa seria a adoção de uma alíquota diferenciada para o segmento. 

Assim, a agenda legislativa da Assespro aponta que: 

“Com profissionais especializados, de remuneração mais de duas vezes superior à média nacional, a folha de pagamentos é o maior insumo do setor de TI, dessa forma, sugerimos que os tributos que gravam a folha de pagamentos gerem crédito ou sejam desonerados (sem transição)”; e que 

“A adoção de alíquota única para o IBS tende a inviabilizar inúmeras empresas prestadoras de serviços em TI, neste sentido, propomos a adoção de alíquota diferenciada para empresas de software e prestadores de servições em Tecnologia da Informação.”


Cloud Computing
Empresas usam, em média, 664 aplicativos em nuvem

Dado é de pesquisa global feita pela Netskope, em epresas com 500 a 2000 mil funcionários. O levantamento mostra ainda que o volume de documentos maliciosos do Microsoft Office aumentou 58%, em arquivos do Office como cavalos de Tróia (Trojans).

No melhor momento em 30 anos, indústria de semicondutores quer Padis até 2029

Fábricas no Brasil tocam a transição para os modelos SSD e respondem ao aumento na demanda das memórias, mas temem o fim dos incentivos em 2022. 

Open Banking: Fase inicial não prevê compartilhamento de dados de correntistas

A partir desta segunda-feira, 01/02, entra em funcionamento no Brasil a primeira fase do Open Banking , cuja regulação será implementada de forma gradual, faseada e evolutiva, até 15 de dezembro de 2021.

Emissão de certificado digital pela internet vai usar bases de dados da CNH e do TSE

Videoconferência, já permitida para as renovações, também poderá ser usada na primeira emissão de certificados digitais. ITI - Instituto Nacional de Tecnologia da Informação, responsável pela ICP-Brasil, vai definir bases públicas para confirmação da biometria. 

Multinacional de software reforça a atuação em Brasília

A Liferay comemora 10 anos na América Latina ampliando sua atuação no Centro-Oeste. Para tocar os negócios na capital brasileira, a empresa contratou Bruno Bergamaschi, ex-IBM e Gartner.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G