TELECOM

Comissária europeia de competição dispara contra onda de fusões em telecom

Luís Osvaldo Grossmann* ... 15/06/2015 ... Convergência Digital

Até aqui mais conhecida por levar adiante acusações antitruste contra a Google, a comissária europeia sobre competição, Margrethe Vestager, começa a disparar contra a onda de fusões e aquisições entre operadoras de telecomunicações na UE – a sucessão de negócios que se intensificou no último ano e meio e serve de inspiração para desejos semelhantes entre teles que atuam no Brasil.

Nesta segunda, 15/6, ao participar, em Paris, da conferência ‘Novas fronteiras do antitruste’, Vestager sustentou que essa recente onda de fusões pode prejudicar os consumidores e provavelmente não terá os prometidos impactos de aumentar os investimentos das empresas.

Ao rejeitar essa ideia de que os aportes aumentam com a consolidação, a comissária disparou: “Tenho ouvido esse argumento com frequência, mas ainda não vi evidência de que seja realmente o caso”, disparou a comissária, que até assumir o posto, em agosto do ano passado, era uma das representantes da Dinamarca no Parlamento Europeu.

Ao contrário, disse, “há ampla evidência de que uma consolidação excessiva pode levar a aumento nas contas dos consumidores e a uma redução aos incentivos a inovação nos mercados nacionais”. Segundo reportagem do Wall Street Journal, os comentários sinalizam que a nova comissária terá uma abordagem menos favorável às fusões do que seu antecessor no posto.

Nos últimos 18 meses, prevaleceu a tendência de redução de empresas de telefonia móvel competindo em cada mercado nacional, como já se viu na Alemanha e Irlanda. A onda também chegou à França, Itália, Holanda, Portugal, Bélgica, Espanha e ao Reino Unido.

Só neste ano, teles europeias anunciaram negócios perto de US$ 70 bilhões – cerca de R$ 200 bilhões – maior valor desde 2000 segundo o WSJ. No Reino Unido, a BT negocia a compra da EE (em si já uma fusão da T-Mobile com Orange no país). Também lá, a Hutchison Whampoa planeja fundir-se à 02, da espanhola Telefónica. Essa mesma empresa prepara a união de operações com a Vimpel na Itália, unindo em uma a terceira e quarta maiores teles móveis naquele país.

Os comentários são particularmente significativos no momento em que pelo menos três negociações recentes passarão pelo crivo da comissária europeia: a mencionada compra da 02 pela Hutchison; a fusão da Telenor com a TeliaSonera, na Dinamarca; e a compra da Jazztel pela Orange, na Espanha.

* Com informações do WSJ


Internet Móvel 3G 4G
Inatel produzirá gateway para conexão residencial e IoT

Projeto tem investimento da Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial - EMBRAPII e terá a participação da Pixel TI e da francesa Thales Group. O gateway permitirá controlar abertura de portas e janelas e sensores de umidade, temperatura e luminosidade.

Revista do 63º Painel Telebrasil 2019
Veja a revista do 63º Painel Telebrasil 2019 Transformação digital para o novo Brasil. Atualizar o marco regulatório das telecomunicações é urgente para construir um País moderno, próspero e competitivo.
Clique aqui para ver outras edições

Eurico Teles deixa o comando da Oi em 30 de janeiro

Em fato relevante encaminhado à CVM, a operadora informa que a saída do executivo- que foi o responsável pela condução da Recuperação Judicial - foi homologada pelo Juízo da 7ª Vara Empresarial do Rio de Janeiro. Nome de Rodrigo Abreu ainda não é confirmado como novo Presidente.

Globo e Netflix se unem contra streaming na Lei da TV Paga

Debate realizado na Câmara federal mostra que há muitas divergências sobre a questão entre os atores do ecossistema sobre a Internet ser ou não enquadrada na Lei do SeAC.

STF suspende lei de Pernambuco que proibia teles de vender SVA associado a telecom

Segundo o ministro Celso de Mello, além de compartilharem as mesmas infraestruturas físicas de suporte, os serviços de valor adicionado integram o processo de convergência tecnológica.

Teles lançam site Fique Antenado! para incentivar instalação de antenas

Página, produzida pelo SindiTelebrasil, tem o intuito de incentivar a instalação de mais infraestrutura de telecom. MCTIC e Anatel apoiaram a iniciativa. Frente Nacional de Prefeitos se dispôs a sentar à mesa e tirar as dúvidas das gestões municipais.




  • Copyright © 2005-2019 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G