Clicky

Convergência Digital - Home

Dynatrace: sistemas na nuvem são dinâmicos e de complexa monitoração

Convergência Digital
Da redação do 5x5 TecSummit - 11/12/2020

A solução de IA e machine learning é usada para o monitoramento de aplicativos. A ideia aqui, segundo Roberto Carvalho, diretor-presidente para a América do Sul da Dynatrace, é ser capaz de agir rapidamente caso ocorra algum problema. “A inteligência artificial é aliada da segurança”, disse o executivo durante o 5×5 TecSummit. Segundo Carvalho, trata-se de um monitoramento mais cuidadoso.

“Em uma pesquisa feita pela Dynatrace, as empresas têm, em média, dez ferramentas diferentes de monitoramento. Elas são muito boas, mas só olham pedaços, não olham o todo. Uma olha banco de dados. Outra, a experiência digital. Outra banco, a rede. Falta uma fotografia unificada desses serviços, falta uma estratégia de monitoramento do primeiro clique do usuário, batendo até o mainframe, para poder identificar qualquer lentidão, problema ou degradação do serviço que impacte a experiência do usuário”, ressaltou o executivo da Dynatrace. Para Carvalho, é necessário inverter a pirâmide de visibilidade, ou seja, ao invés de iniciar o monitoramento pela infraestrutura e a nuvem, é preciso começar pelo primeiro clique do usuário. Só assim a empresa materializa a obsessão pela experiência do usuário, garante.

“Não importa qual seja o produto ou o serviço. Seja um dispositivo móvel, um IoT, ou um canal tradicional, isso precisa funcionar. Aí, entra aí a inteligência artificial. Os sistemas de nuvem não são estáticos, eles se mexem o tempo inteiro (são dinâmicos) e são mais difíceis de serem monitorados”, explicou o diretor-presidente para a América do Sul da Dynatrace. De acordo com sua visão, apenas a IA é capaz de analisar os bilhões de dados gerados e correlacionar todos eles para dar uma resposta precisa e monitorar a experiência digital do usuário da melhor forma.

5×5 TecSummit

O 5×5 TecSummit é um evento online organizado em uma parceria de cinco sites de jornalismo especializado em TI e telecom: Convergência Digital, Mobile Time, Tele.Síntese, Teletime e TI Inside. O seminário discute tendências em tecnologia em cinco verticais: governo, saúde, energia, finanças e entretenimento. Inscreva-se gratuitamente e recupere todo o conteúdo produzido.


Destaques
Destaques

Sky nega venda de data center e quer ter 100% dos sistemas na nuvem em 2022

"O projeto era ter tudo este ano, mas tivemos que rever por conta da pandemia. Vamos ficar com 80% dos sistemas de TI na nuvem da Oracle. Mas isso não significa que vamos nos desfazer do nosso data center. Ele será realocado para a Engenharia", afirmou André Nazaré, diretor de TI da Sky Brasil.

Teradata é 100% cloud e open source

Há 40 anos no Brasil, empresa disse adeus ao hardware para ser uma companhia de software e de computação em nuvem. "Boa parte das empresas trata os dados como uma mercadoria. Eles estão em silos, mal gerenciados e inacessíveis para quem precisa", observa o diretor geral da Teradata no Brasil, Fabio Oliveira.



Veja mais vídeos
Veja mais vídeos da CDTV

Veja mais artigos
Veja mais artigos

Cloud é bom, mas quem gerencia?

Edmilson Santana*

Se a nuvem soluciona problemas de um lado, de outro sua operação demanda a formação de um time capaz de traduzir demandas de negócio em continuidade operacional, e isso de forma ágil, produtiva e consistente.

Como a IaaS está alinhada ao seu negócio?

Por Fábio Lucinari*

Cada vez mais é preciso considerar que as opções convencionais de TI tendem a ser ineficientes no trabalho de auxiliar as companhias a se adaptarem às necessidades e aos desafios do cenário atual. Infraestrutura como serviço oferece soluções projetadas sob medida e aprimoram o consumo da área de tecnologia.


Copyright © 2005-2020 Convergência Digital ... Todos os direitos reservados ... É proibida a reprodução total ou parcial do conteúdo deste site