Clicky

GOVERNO

Governo abre intenção de registro de preços para compra de sistemas operacionais

Convergência Digital ... 22/02/2021 ... Convergência Digital

O Ministério da Economia (ME) tornará pública até o dia 1° de março a Intenção de Registro de Preços nº 6/2021, com o objetivo de realizar licitação para eventual contratação de licenças de uso de software relacionados a sistemas operacionais, com direito de atualização e suporte, para os órgãos e entidades da Administração Pública Federal que manifestarem interesse na compra.

A licitação será composta por 30 itens e tem potencial para trazer economia de R$ 17,2 milhões aos cofres públicos. “Comprar de forma centralizada tem se mostrado muito mais econômico do que licitações individuais. Para se ter uma ideia, o governo federal economizou R$ 1,2 bilhão em 2020 a partir desse tipo de contratação”, explica Cristiano Heckert, secretário de Gestão do Ministério da Economia.

Os contratos terão prazo de vigência de 12 meses, podendo ser prorrogados, e devem ser assinados em meados de abril deste ano conforme o cronograma do ME. Os órgãos interessados deverão registrar sua demanda exclusivamente por meio do Portal de Compras, até 1° de março de 2021.

[ Clique na imagem para ampliar ]


LGPD: cidadão vai controlar dados pessoais pelo portal Gov.br

Promessa é secretário de governo digital do Ministério da Economia, Luis Felipe Monteiro. Plataforma permitirá ao cidadão revogar autorizações, ou reclamar à CGU.

Economia será o 'tinder' do financiamento para evitar desperdício no governo digital

“Não faz sentido um estado investir em uma identidade digital se já temos uma no governo, ou dois municípios gastarem com plataforma de gestão de tributo local”, explica o secretário Luis Felipe Monteiro.

Estados e municípios vão ficar com US$ 1 bilhão do BID para digitalização

Ao Convergência Digital, o secretário de governo digital, Luis Felipe Monteiro, assegura: “Impacto na economia vai chegar a R$ 100 bilhões."

Deputados aprovam urgência para o PL de privatização dos Correios

União teria a obrigação de  prover o serviço postal universal, que inclui encomendas simples, cartas e telegramas. Todos os outros produtos poderão, se o PL 591/21 for de fato aprovado no Congresso Nacional, serem repassados à iniciativa privada.



  • Copyright © 2005-2021 Convergência Digital
  • Todos os direitos reservados
  • É proibida a reprodução total ou
    parcial do conteúdo deste site
    sem a autorização dos editores
  • Publique!
  • Convergência Digital
  • Cobertura em vídeo do Convergência Digital
  • Carreira
  • Cloud Computing
  • Internet Móvel 3G 4G